PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico mais longevo do Brasil, Jerson Testoni tem difícil missão de levar o Brusque à Série A

16/04/2021 16h08


Com a saída de Renato Gaúcho do Grêmio, o técnico Jerson Testoni, do Brusque, se torna o treinador mais longevo entre os clubes das séries A e B. Na equipe desde setembro de 2019, Testoni tem 68 jogos, 37 vitórias, 15 empates e 16 derrotas, com um aproveitamento de 61,7% sob o comando do Quadricolor.

Conquistou os títulos da Copa Santa Catarina (2019) e Recopa Catarinense (2020), o acesso do clube para a série B (2021) e também levou o clube para a quarta fase da Copa do Brasil (2020). No último ano quebrou um jejum de 28 anos do Brusque sem chegar a final do Campeonato Catarinense, perdendo na decisão para a Chapecoense.

Nesta temporada, Jerson busca o seu primeiro título do Campeonato Catarinense. Além do estadual, Testoni tem o maior desafio da sua carreira, disputar a Série B do Brasileiro, levando o Brusque para a sua primeira participação na era dos pontos corridos.

- Fico muito feliz com o fato de ser o treinador mais longevo das séries A e B do Brasil, isso é um conjunto de fatores, que vem desde a diretoria, que sempre me deu suporte, minha comissão técnica também, junto com o nosso staff e principalmente, devo muito aos jogadores. Eles que desempenham, executam as nossas ideias, nosso modelo de jogar, por isso a gente alcança nossos objetivos. Futebol profissional a gente sabe que vive de resultados e se hoje estamos há um ano e meio no comando do clube, também é por conta dos resultados e objetivos alcançados. - comentou o treinador.

Restando duas rodadas para o término do Campeonato Catarinense, o Brusque já garantiu sua vaga para a próxima fase. Os comandados de Jerson não perdem há seis rodadas, melhor marca do estadual, e também já anotaram 16 gols, empatados com a Chapecoense como o melhor ataque da competição.

Futebol