PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Grêmio fala em 'reformulação', mas alerta que decisão já estava tomada

07/03/2021 22h54


Logo depois do revés na decisão da Copa do Brasil diante do Palmeiras, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, demonstrou que estava com um discurso bastante alinhado ao que foi dito pelo técnico Renato Portaluppi.

>Quem são os times que disputam a fase prévia aos grupos da Libertadores

Isso porque o mandatário gremista também falou seguidas em uma reformulação que envolve diferentes áreas do clube, inclusive na comissão técnica. Todavia, Romildo deu a entender que o resultado adverso não foi fator determinante para essas atitudes, mas sim a sequência de um cronograma estabelecido já quando Renato renovou seu contrato até dezembro de 2021 com o Imortal.

- O organograma de futebol, a reformulação de elenco e também situações de comissão técnica. Todas elas estão no mesmo nível de prioridade. O que é certo? Absolutamente concreto? Vamos ter situações novas a partir de amanhã (segunda-feira) - disse o presidente.

- Quando fizemos o anúncio da renovação do contrato do Renato, tínhamos esta situação prevista. Já temos decisões... Situações que vão ser detalhadas no curso do tempo. Temos diagnóstico, situações para corrigir e vamos ter atitude para corrigir. A partir de segunda-feira serão anunciadas situações já encaminhadas - completou.

Com o vice-campeonato da Copa do Brasil, o Grêmio terá de passar pelo mata-mata prévio a fase de grupos da Copa Libertadores para seguir vivo com o sonho do tetra em 2021. O oponente da primeira etapa será o Ayacucho-PER onde o primeiro jogo acontecerá na próxima quarta-feira (10) na Arena enquanto o confronto decisivo está marcado para o dia 17 de março em solo peruano.

Futebol