PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro consegue 1ª vitória em 2021 ao bater a URT na Arena do Jacaré

06/03/2021 22h58


O Cruzeiro conseguiu sua primeira vitória na temporada 2021 ao derrotar o frágil time da URT por 2 a 0, gol sde Manoel e Marcinho, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, na noite deste sábado, 6 de março, em Sete Lagoas.

O resultado colocou a Raposa na quarta colocação, com quatro pontos. Já o Trovão Azul ocupa a sétima colocação, com três tentos na tabela de classificação.

A partida da Raposa foi fraca na etapa inicial, com mais posse de bola, porém sem finalizações ao gol. No segundo tempo, com as mudanças promovidas por Felipe Conceição, a equipe foi mais enfática no ataque. As entradas de Claudinho e Ariton foram importantes e mesmo com o time fraco da URT, a vitória só veio em um lampejo individual com Manoel vencendo a defesa do time de Patos de Minas.

Airton e Claudinho foram as válvulas de escape no 1º tempo
?

O atacante e o meia, que entrou no lugar de Marcinho, criaram as melhores tramas ofensivas da Raposa, mas pecavam na hora de dar o último passe.
Entretanto, as mudanças podem ser úteis em outros duelos, com mais ajustes.

URT é time para cair, mas o Cruzeiro teve dificuldades em chegar à meta rival
?

Mesmo o time de Patos tendo uma equipe bem fraca em relação à outros anos, o Cruzeiro não conseguia uma pressão real, ameaçando o gol do Trovão Azul. A Raposa teve mais de 70% de posse de bola no jogo, mas a criação ofensiva continua frágil e até Rafael Sobis estava em dia pouco inspirado. Pottker não pode ser titular do time neste momento. Está muito abaixo de Airton.

Busca por força dentro da grande área
?

Marcelo Moreno e Bruno José estreiam na temporada, nos lugares de Sobis e Pottker, com a intenção de aproveitar mais as jogadas de lado do campo feitas por Airton. Dois definidores.

Manoel tira a angústia da China Azul
?

O zagueiro, que foi um dos poucos destaques da equipe na Série B, conseguiu superar a zaga da URT e abrir o placar na Arena do Jacaré.

Bruno José acrescentou ao time...Já Moreno...
?

O atacante vindo do Brasil de Pelotas se movimenta, trabalha a bola com o meio de campo e os atacantes e ainda tem boa presença de área. Marcelo Moreno segue sem intensidade e pouco útil para o time, apesar de ter tido alguns lances positivos na partida. O boliviano e Pottker são dois jogadores caros e que pouco entregam. O clube pode rever a posição de manter os dois para a Série B.

Marcinho sai do banco e "mata" o jogo. Primeiros três pontos em 2021
?

Em uma bela jogada individual, Marcinho deixou a Raposa tranquila ao anotar o segundo gol do jogo na reta final do duelo. Triunfo celeste na Arena do Jacaré.


Felipe Conceição não "morrerá" abraçado com jogadores como fez Felipão
?

Todo treinador tem suas convicções. E Felipe Conceição está incluso nesta máxima. Todavia, depois de dois jogos sem força no ataque, o treinador do Cruzeiro mudou a equipe, colocando Claudinho no meio e Airton no ataque, que entrou pela ausência de Felipe Augusto.

Porém, sacou Pottker do jogo, que fez outro jogo ruim, provando que não ficará preso a nomes e sim a desempenho, ao contrário do que fazia Felipão, que insistia em alguns nomes que rendiam pouco.

Próximos jogos
?

Pelo Mineiro,o Cruzeiro volta a jogar no dia 14 de março, contra o Athletic, no Mineirão, às 16h. A URT entra em campo no sábado, 13, contra o Tombense, fora de casa, às 16h.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
?

URT 0 X 2 CRUZEIRO
Data: 6 de março de 2021
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas(MG)
Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira
Assistentes: Leonardo Henrique Pereira e Marcyano da Silva Vicente
Cartões amarelos: Rafael Sobis (CRU), Raul Cáceres (CRU), Ramon (CRU), Jean Carlos (URT), Lucas França (CRU), Fabrício Vasconcelos (auxiliar do Cruzeiro)
Cartões vermelhos: Fabrício Vasconcelos (auxiliar do Cruzeiro)
Gols: Manoel, aos 8'-2ºT(0-1), Marcinho, aos 48'-2ºT(0-2)


URT (Técnico: Wellington Fajardo)
?

Renan Rinaldi; Kellyton (Bernardo, aos 22'-2ºT), Davy Einstein, Donato e Pedro Rosa; Romário (Luís Felipe, aos 14'-2ºT), Jean Carlos, João Diogo (Sávio, aos 22'-2ºT) e Léo Aquino; Yago (Leilson, aos 14'-2ºT) e Patrick Nonato (Lucas Silva-intervalo).

CRUZEIRO(Técnico: Felipe Conceição)
?

Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Alan Ruschel (Matheus Pereira, aos 31'-2ºT); Adriano, Matheus Barbosa (Jadson, aos 26'-2ºT) e Claudinho (Marcinho, aos 31'-2ºT); Airton, William Pottker (Bruno José-intervalo) e Rafael Sobis (Marcelo Moreno-intervalo).

Futebol