PUBLICIDADE
Topo

Santos

Sabino diz que se espelha em Veríssimo e que ganhou maturidade no Coritiba

05/03/2021 13h17

Classificação e Jogos

Destaque do Coritiba na temporada passada, o zagueiro Sabino voltou de empréstimo ao Santos e foi utilizado no empate contra a Ferroviária na Vila Belmiro pelo Campeonato Paulista. O Menino da Vila estreou pelo profissional e marcou o gol santista na partida. Sabino, com 24 anos, teve passagem pelas categorias de base do clube e foi testado no laboratório junto aos outros garotos.

Nesse século, além dos atacantes, o clube se destacou por revelar bons zagueiros da base como Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Alex. Em conversa com o Lance!/Diário, Sabino acredita que pode seguir os mesmos passos.

"Trabalho pra isso. Me espelho muito no Luqueta (Veríssimo), pois conheci ele na base, vi a evolução dele e o quanto trabalhava pra conseguir os seus objetivos. Faço o meu trabalho sem me preocupar com o futuro. Penso que se eu fizer um presente bom, o futuro me reservará coisas muito boas.", afirmou Sabino ao Lance!/Diário.

O zagueiro marcou 4 gols do Campeonato Brasileiro de 2020 com a camisa do Coxa, um dos poucos destaques da equipe paranaense, e contou o que ganhou no período em que foi emprestado. Sabino acredita que a passagem pelo Coritiba o fez ganhar mais respeito e confiança do Santos.

"Ganhei maturidade, experiência...tive pessoas que agregaram muito o meu futebol. O Mozart (técnico) foi um deles. Jogou muito tempo na Itália (a melhor escola defensiva do mundo) e aprendi muitas coisas com ele, mas eu acho que além disso, ganhei respeito e confiança do Santos.", contou o jogador.

Ainda em novembro, o Kashima Antlers, do Japão, fez uma proposta ao Santos de US$ 700 mil (cerca de R$ 3,7 milhões) para contar com o zagueiro. Os japoneses pagariam R$ 2,6 milhões à vista, o que ajudaria o clube a honrar compromissos salariais com o elenco. Contudo, o Conselho Deliberativo recusou a proposta e os representantes do jogador já teriam recuado antes da decisão. Na entrevista com o Lance!/Diário, Sabino revelou como encarou a proposta.

"Encarei com tranquilidade. Era meu empresário que tomava de conta das negociações. Sempre foi assim, me preocupo só em jogar futebol. Falei pra ele me dizer só o que aconteceria no final. Não foi da vontade de Deus que eu fosse para o Japão", revelou o jogador.

Sabino foi um dos destaques do Santos B em 2018, mas não se firmou e foi emprestado ao Coritiba em 2019. Na última quarta-feira (3), o zagueiro enfim estreou pelo profissional do Santos e ainda balançou as redes. O zagueiro falou sobre a emoção do gol e lembrou do início da carreira.

"Sensação de felicidade, emoção tomou de conta. Lembro de quando eu cheguei aqui pra fazer teste, foram muitas batalhas e muitas lutas. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Glorifico a Deus pela minha estreia. E que seja o primeiro gol de muitos que irei fazer com essa camisa.", comemorou o zagueiro ao Lance!/Diário.

Santos