PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ao comentar seca de gols do Corinthians, Mancini ressalta defesa sólida

Gabriel em ação pelo Corinthians na estreia do Campeonato Paulista de 2021 - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Gabriel em ação pelo Corinthians na estreia do Campeonato Paulista de 2021 Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

01/03/2021 12h51

O Corinthians não faz gols há 425 minutos, mas não sofre há 305. A equipe vem de empates por 0 a 0 nos três últimos jogos - contra Vasco e Internacional, nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, e Red Bull Bragantino, neste domingo (28), na estreia corintiana no Campeonato Paulista, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança. O técnico Vagner Mancini levantou a questão entre o equilíbrio entre ataque e defesa.

O treinador corintiano não escondeu o incômodo com o fato de o time não marcar há quatro jogos e mais 65 minutos da derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, pela 36ª rodada do Brasileirão, em 14 de fevereiro, onde Léo Natel fez o único gol do Timão aos 20 minutos de jogo. Mas o técnico optou por olhar o copo meio cheio quando ressaltou a consistência defensiva de um time que não é vazado há três partidas mais 35 minutos, já que o último gol sofrido foi na derrota por 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, em jogo adiado da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro, no dia 17 de fevereiro.

"A questão da falta de gols me incomoda muito. Hoje até tivemos algumas oportunidades no primeiro tempo, poucas no segundo. Isso é óbvio que necessita de ajustes, mas óbvio que por outro lado a equipe não toma gol há três jogos, então nós estamos reorganizando a parte defensiva e todo mundo sabe que para reorganizar uma equipe é necessário que você pare de tomar gols para depois fazê-los", disse Mancini em entrevista coletiva após o empate em 0 a 0 contra o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Desde que chegou ao Timão, o técnico sempre ressaltou que precisava ajustar o time a partir da parte defensiva. Pouco após a sua chegada ao clube, em outubro, o treinador citou que o time marcava errado, após ser goleado por 5 a 1 pelo Flamengo, na Neo Química Arena, pela 17ª rodada do Brasileiro.

Na "Era Mancini", o Corinthians tem números equilibrados no que se refere à média de gols pró e contra. Em 26 jogos, são 30 tentos anotados, média de 1,15, e 26 sofridos, um por partida.

O time do Parque São Jorge volta a campo nesta quarta-feira (3), às 19h, na Neo Química Arena, contra o Palmeiras, pela segunda rodada do Paulistão. No último Dérbi, ainda em 2021, no dia 12 de janeiro, no Allianz Parque, o Timão foi goleado por 4 a 0, mas Mancini afirmou que neste novo encontro a postura corintiana será diferente.

Futebol