PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Castan pede desculpas à torcida e não garante permanência no Vasco: 'O futuro agora é incerto para todos'

26/02/2021 14h39

O Vasco venceu o Goiás nesta quinta, em São Januário, porém o resultado não foi suficiente para evitar o quarto rebaixamento de sua história. Em sua rede social, o capitão Leandro Castan pediu desculpas à torcida vascaína, disse que no momento é difícil encontrar palavras e que o futuro de todos é indefinido no clube.

> Confira como terminou a classificação do Campeonato Brasileiro

- Queria escrever pra você torcedor vascaíno, encontrar palavras nesse momento não é fácil, um campeonato que começou tão bom pra gente e acaba assim. Primeiro preciso pedir desculpas, esse ano não consegui ser aquele cara que vocês se acostumaram, infelizmente depois que trocamos o treinador as coisas deram muito errado. Agora todos querem achar os culpados, com certeza todos somos responsáveis, e espero que dessa vez o Vasco aprenda com essa queda para que seja a última de um clube gigante que não pode estar lá embaixo. O futuro agora é incerto para todos, só queria dizer q tenho um orgulho imenso em ter vestido e vestir essa camisa!!! - disse Leandro Castan

O Vasco chegou a última rodada do Campeonato Brasileiro necessitando derrotar o Esmeraldino, torcer para o Fortaleza não vencer o Fluminense, e tirar uma desvantagem de 12 gols de saldo. Os resultados aconteceram, porém o rebaixamento se confirmou pela diferença entre os saldos das equipes. No jogo, Castan sentiu um incômodo e foi substituído por Marcelo Alves ainda aos 22 do primeiro tempo.

No entanto, a direção do Gigante da Colina entrou com um pedido de anulação da partida diante do Internacional, já que no primeiro gol Colorado, o VAR apresentou uma pane e o lance foi validado pelo árbitro de campo. O STJD recebeu da CBF os áudios e vídeos do equipamento e o clube carioca segue com o pedido alegando "erro de direito" e "impedimento incontestável".

Futebol