PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Perícia aponta afogamento como causa da morte de pai de Alisson e Muriel; inquérito será aberto

25/02/2021 12h54

O Instituto-Geral de Perícia informou, nesta quinta-feira, que o pai dos goleiros Alisson, do Liverpool, e Muriel, do Fluminense, teria morrido por afogamento. José Agostinho Becker, de 57 anos, faleceu após um mergulho em uma barragem no Rio Grande do Sul. Segundo o Uol, não foram encontrados sinais de violência na necropsia.

+ Veja a tabela de classificação do Brasileirão e simule a 38ª rodada

O corpo do pai do goleiros foi encontrado horas depois do desaparecimento. Becker teria ido nadar em barragem na região de Lavras do Sul, município a 320 km de Porto Alegre, por volta de 17h e a demora para voltar da atividade chamou a atenção dos familiares. A ausência de marcas no corpo do pai dos atletas aponta que ele não teria sido vítima de algum crime, ressaltando as tratativas policiais de afogamento.

Veja o que se sabe sobre o afogamento do pai de Alisson e Muriel aqui.

De acordo com a análise feita no Posto Médico-Legal de Bagé, o corpo foi liberado. Ainda não se sabe ao certo se o pai dos goleiros estava acompanhado no momento em que se afogou. A barragem, que fica dentro de um terreno da família, é conhecido como Rincão do Inferno. Um inquérito será aberto para apurar caso.

Futebol