PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pressão cresce, mas Fernando Diniz continua como técnico do São Paulo

21/01/2021 14h51

A dura derrota do São Paulo para o Internacional, por 5 a 1, no Morumbi, fez a pressão sobre o trabalho do técnico Fernando Diniz crescer nos bastidores do Tricolor. Em reunião na manhã desta quinta-feira, o presidente Julio Casares decidiu pela permanência do comandante no cargo.

Internacional, São Caetano, Inter de Limeira. Relembre as piores derrotas do São Paulo no Morumbi

Muricy Ramalho, Carlos Belmonte Sobrinho, Fernando Chapecó e Nelson Marques Ferreira, nomes responsáveis pelo departamento de futebol do São Paulo, participaram do encontro com o mandatário são-paulino. A informação foi veiculada pelo 'UOL' e confirmada pelo LANCE!.

SIMULE OS JOGOS DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

No entanto, a permanência de Diniz no comando do São Paulo pode passar pelo desempenho contra o Coritiba, no próximo sábado (23), às 19h, no Morumbi. Um novo tropeço pode significar a despedida da comissão técnica, que está no clube desde setembro de 2019.

Há a expectativa de que uma nova reunião aconteça na tarde desta quinta-feira entre Casares, jogadores e comissão técnica. O papo já aconteceu duas vezes, após a derrota para o Santos e no último treino antes do duelo contra o Internacional. Os jogadores se reapresentam nesta tarde, às 16h.

Nas redes sociais, a torcida são-paulina cobra a diretoria pela demissão de Fernando Diniz e pede a contratação de Tiago Nunes, que foi demitido do Corinthians em setembro do ano passado.

Futebol