PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Elenco do Flamengo tem reunião com Braz e Landim após protesto no Ninho

Rodolfo Landim e Marcos Braz comemoram título do Flamengo - DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Rodolfo Landim e Marcos Braz comemoram título do Flamengo Imagem: DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

12/01/2021 17h13

O clima no Ninho do Urubu está carregado de tensão desde o início da tarde desta terça-feira, dia da reapresentação do elenco após a derrota para o Ceará, no último fim de semana. Os jogadores do Flamengo chegaram ao CT sob duras cobranças e protesto de um grupo de (aproximadamente) 80 torcedores, que, inclusive, cantaram "time sem vergonha" e pediram a saída de Rogério Ceni, além da efetivação de Maurício Souza, o treinador do time sub-20.

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, chegou a ser muito xingado ao não parar o carro para falar com torcedores que estavam à espera de algum representante da diretoria ou do elenco para cobrar - o que não ocorreu. Cobrança tête-à-tête só ocorreu internamente, aliás.

Antes do treino, Braz e Rodolfo Landim, presidente do clube, se reuniram com o elenco a portas fechadas, na busca por respostas e soluções a fim de uma recuperação ainda sob o comando da atual comissão técnica, já que Rogério Ceni, embora não seja unanimidade, foi respaldado depois de uma reunião na Gávea no fim da tarde de ontem (11). O diretor Bruno Spindel também participou do encontro, que não contou com a participação da comissão técnica.

Flamengo