PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico do Wolverhampton é multado em R$ 180 mil por criticar a arbitragem

Nuno Espirito Santo, treinador do Wolverhampton - MARTIN RICKETT/AFP
Nuno Espirito Santo, treinador do Wolverhampton Imagem: MARTIN RICKETT/AFP

06/01/2021 16h38

O técnico Nuno Espírito Santo, do Wolverhampton, da Inglaterra, foi multado em 25 mil libras esterlinas (R$ 180 mil na cotação atual) por criticar a arbitragem na derrota dos Lobos para o Burnley no dia 21 de dezembro. Na ocasião, o treinador português disse que o juiz Lee Mason "não poderia apitar na Premier League".

"Honestamente, não gosto de dizer isso, mas devo dizer porque não vou me sentir bem: o árbitro não tem qualidade para apitar um jogo na Premier League. Este é um problema que conhecíamos. Já jogamos com Lee Mason antes. Não se trata dos erros cruciais ou das decisões, mas da forma como ele lida com o jogo" disse Nuno Espírito Santo em entrevista à 'Sky Sports'.

O comandante dos Wolves descumpriu a regra E3 do regulamento da FA (federação inglesa de futebol). Questionado se pediria desculpas ao árbitro Lee Mason, o português recusou.

"Não vou pedir desculpa pelas minhas palavras e pensamentos. Nunca questionei a integridade de um árbitro, falei, sim, sobre a sua capacidade."

Esporte