PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Negociação entre Flamengo e Diego Alves trava, e goleiro fica perto de sair

Rogério Ceni cumprimenta Diego Alves na chegada ao Flamengo - Alexandre Vidal / Flamengo
Rogério Ceni cumprimenta Diego Alves na chegada ao Flamengo Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Da Lancepress, em São Paulo

03/12/2020 12h42

Classificação e Jogos

O Flamengo sofreu dois duros golpes em um intervalo de 13 dias, sendo eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores de forma precoce. As quedas afetam o planejamento de 2021, que esboça não ter Diego Alves no elenco rubro-negro. As negociações pela renovação, antes acordada entre as partes, esfriaram, após o departamento financeiro ter emperrado o novo contrato.

Houve divergência dos valores apalavrados, conforme já informado. Hoje, o departamento de futebol se encontra desestimulado a entrar em um novo acordo com o estafe do goleiro de 35 anos a partir de janeiro e prioriza a contratação em definitivo do atacante Pedro (junto à Fiorentina).

Premiações que ficaram pelo caminho pesam para que o Flamengo tenha pisado no freio quanto às tratativas com Diego Alves, conforme informou inicialmente o jornalista Venê Casagrande.

Caso Diego Alves veja o cenário atual mantido, se despedirá do Flamengo depois de quatro temporadas. E o Rubro-Negro teria que encerrar o Brasileiro com até 12 jogos (31%) sem o experiente camisa 1. Restariam as 11 rodadas finais e mais o jogo atrasado diante do Grêmio, pela 23ª rodada e que ainda não tem data marcada - deve ficar para o ano que vem, principalmente se o Tricolor avançar às quartas da Libertadores.

Hugo Souza, hoje reserva imediato na posição, voltaria, assim, à condição de titular, desta vez até o fim do Brasileirão. Pedro, já citado, e Pedro Rocha também estão no último mês de vínculo, mas emprestados. Em tempo: Rocha tende a se despedir do Flamengo para que o clube corte gastos, sobretudo por conta do impacto das recentes eliminações, e retornar ao Spartak Moscou.

No Twitter, a mera possibilidade de Diego deixar o elenco rubro-negro causou pânico em alguns torcedores:

Flamengo