PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cuiabá faz gol no último minuto e vence o Avaí na Série B

28/11/2020 00h29

Na Arena Pantanal, o Cuiabá enfrentou o Avaí em um confronto direto pela parte de cima da tabela e bateu os rivais com direito a gol no último minuto de partida. Com isso, a equipe auriverde quebra o jejum de quatro jogos sem vitória e o Leão volta a perder depois de cinco partidas.

Com o êxito, o Cuiabá chegou aos 40 pontos e tirou o Juventude do G-4, onde os gaúchos podem voltar caso vença neste sábado. Já o Avaí permanece com seus 36 pontos na sexta colocação.

Na terça-feira (01), o Cuiabá tem um confronto difícil fora de casa contra a líder Chapecoense, às 21h30. Já o Avaí jogará na Ressacada na segunda-feira (30) diante do lanterna Oeste, às 20h.

PRIMEIRO TEMPO MAIS AGRESSIVO DO CUIABÁ

A partida começou com o Cuiabá mais agressivo. Sem vencer há quatro partidas, a equipe de Allan Aal sentiu a pressão de voltar a ter três pontos para não se distanciar da parte de cima, e pressionou o Avaí durante os 20 primeiros. Os catarinenses até conseguiram trocar passes rápidos nesse meio tempo e as melhores chances criadas foram em cruzamentos pela direita. Mas o Leão preferiu não pressionar a saída do time auriverde e deixavam os rivais chegarem mais no setor ofensivo.

A partir da metade do primeiro tempo, o Avaí aumentou sua posse de bola. Sempre mantendo o controle dos passes com a linha defensiva que buscava passar a bola de um lado ao outro buscando brechas na zaga do Cuiabá. Mas o Leão da Ilha seguia sem agredir os adversários, que se aproveitavam dessa bondade e quando tinha a chance assustava o goleiro Glédson com chutes ou chegadas com perigo.

E em uma dessas chegadas, Maxwell abriu o placar. Após lançamento da zaga para o ataque, Felipe Ferreira cruzou. Glédson espalmou nos pés do camisa 9 do Cuiabá que de primeira acertou o ângulo. O Avaí pagou com sua falta de agressividade nos 45 minutos iniciais.

SEGUNDO TEMPO TEVE PÊNALTI POLÊMICO E GOL NO ÚLTIMO MINUTO

Diferentemente da etapa inicial, o Avaí voltou mais ligeiro no segundo tempo. Em 10 minutos, o Leão da Ilha teve três oportunidades de gols com Getúlio, Pedro Castro e Romulo. A bronca no vestiário deve ter ligado os atletas do time catarinense. O Cuiabá, por outro lado, não teve tantas chances e de pouco em pouco via os rivais chegando.

O que não trabalhou no primeiro tempo, o goleiro Matheus Nogueira passou a sofrer no segundo. Aproveitando o bom momento do Avaí, o auxiliar Bruno Gonçalo promoveu a reestreia do artilheiro Rodrigão para o time ter presença de área. Momentos mais tarde, o camisa 93 não apareceu, mas o Leão da Ilha teve um pênalti polêmico em que Getúlio entrou na área, não foi tocado por Anderson Conceição e o árbitro marcou o pênalti. O lateral Fagner Alemão, que não tem nada com isso, empatou a partida aos 26 minutos.

A partir daí, o Avaí se animou e seguiu tendo as melhores criações no ataque. As poucas vezes que o Cuiabá chegou, faltou força no último terço para a equipe concluir bem as jogadas. Porém no último minuto, veio a força que o time tanto queria.

Após o cruzamento de Valdívia passar por todo mundo, o Cuiabá retomou a posse e puxou contra-ataque rápido. Maxwell recebeu, limpou e chutou rasteiro para marcar seu segundo gol e ser o herói da partida aos 50 minutos de jogo.

Futebol