PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em clima de melancolia, Carleto rescinde contrato com o Vitória

24/11/2020 11h33

Em um período de 13 meses, o lateral-esquerdo Thiago Carleto passou de maior esperança técnica e liderança no elenco do Vitória a jogador que não faz mais parte do plantel do Vitória com sua rescisão contratual oficializada na última segunda-feira (23).

Após chegar em outubro de 2019 quando tinha poucas oportunidades no Ceará, o jogador de 31 anos de idade teve papel fundamental na arrancada obtida pelo Leão da Barra na campanha bem sucedida de escapar do rebaixamento para a terceira divisão do futebol brasileiro na última temporada.

Através de vídeo publicado nas suas redes sociais, o jogador se pronunciou sobre a situação falando somente em tom de agradecimento a diversas partes do clube baiano:

- Estou passando aqui para agradecer do fundo do meu coração esse ano que tive no Vitória. Agradecer a torcida, a tia da cozinha, roupeiro, ao segurança, a todos os funcionários. Agradecimento especial ao presidente, Paulo Carneiro, e ao Alarcon, diretor, por tudo que fizeram por mim, por terem me respeitado até o final. Foi uma decisão difícil. A gente sabe que encerra esse ciclo com o dever cumprido. Eu, particularmente, me sinto lisonjeado de ter vestido a camisa do Vitória. Passar para vocês meu muito obrigado, do fundo do meu coração. Eu e minha família agradecemos o apoio e carinho que recebemos nesse ano que tivemos no Vitória.

Em meio aos 41 compromissos e nove gols marcados pelo Vitória, Carleto viveu altos e baixos onde as críticas referentes a erros na parte defensiva contrastavam com seu papel no ataque e personalidade nas declarações.

Todavia, a parte crítica pesou consideravelmente nas últimas semanas com direito, inclusive, a relatos de que o pós-jogo onde o time perdeu por 2 a 1 para o Sampaio Corrêa teve um desentendimento entre Carleto e colegas que o cobraram nos vestiários.

Futebol