PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians é condenado a pagar R$ 22,1 milhões por uso indevido de rua

23/11/2020 19h22

O Corinthians sofreu mais uma derrota nos tribunais. A Justiça deu ao Timão 15 dias para que o clube pague o valor de R$ 22,1 milhões à Prefeitura de São Paulo por usar uma rua ao lado do Parque São Jorge como estacionamento privado. A informação foi publicada primeiramente pelo GE.

A decisão saiu nesta segunda-feira (23) no Diário da Justiça de São Paulo.

Confira a tabela do Campeonato Brasileiro 2020

Como o processo está na fase do cumprimento de sentença, o clube não pode entrar com recursos para reverter a decisão. Mesmo assim, segunda a nota do GE, o departamento jurídico do Corinthians disse que tentará acordo com a Prefeitura.

O terreno usado pelo Corinthians foi cedido gratuitamente em 1996, com validade de 99 anos. Contudo, no mandato do prefeito Gilberto Kassab, o município entrou com ação de reintegração de posse, alegando irregularidades - como falta de interesse público.

Apesar do veredito ter saído apenas em 2020, o processo é antigo. Em 2010, o Corinthians já havia sido condenado a devolver a área para a Prefeitura, mas o valor da indenização foi fixado apenas neste ano. Em 2015, o clube retirou grades e muros que delimitavam o espaço.

Futebol