PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diniz cobra São Paulo mais regular e descarta priorizar Sul-Americana

21/10/2020 00h49

O técnico Fernando Diniz segue em busca de melhora para o São Paulo na temporada 2020. Na noite desta terça, logo após a goleada, por 5 a 1, diante do Binacional, o comandante externou sua opinião sobre o nível de rendimento do Tricolor e cobrou maior 'regularidade do elenco', que ainda oscila e não consegue apresentar o mesmo padrão de desempenho em todas as partidas.

- O futebol é muito cíclico. A vitória é importante para darmos um passo prático que é a vaga na Sul-Americana. No domingo é um outro tipo de jogo e precisamos ter regularidade porque estamos oscilando muito na temporada. Fizemos um jogo excelente contra o Palmeiras, quebramos um tabu importante, e contra o Grêmio fomos abaixo. Precisamos encontrar uma regularidade, ser um time mais linear quanto ao desempenho - afirmou o treinador em entrevista coletiva no Morumbi.

Eliminado precocemente da Copa Libertadores, o São Paulo apenas fez seu último jogo na competição nesta terça. A vitória diante os peruanos, no entanto, colocou o Tricolor na segunda fase da Copa Sul-Americana. Simultaneamente, o clube também disputa a Copa do Brasil (atualmente nas oitavas de final) e o Campeonato Brasileiro (quarto colocado, com sete pontos de diferença para os líderes Internacional e Flamengo).

Embora haja pressão para que o São Paulo foque nas copas e tente quebrar o incômodo jejum de quase oito anos sem título o mais rápido possível, Diniz rechaçou a ideia de priorizar uma ou outra competição. O treinador foi enfático ao afirmar que o seu elenco trata todas da mesma forma e está disposto a arriscar tudo na temporada.

- Toda conquista é importante para o São Paulo. Estamos em três competições e vamos disputar com o intuito de vencê-los. Precisamos trabalhar duramente para entregarmos alegria ao torcedor do São Paulo. Não é só a Sul-Americana, mas também a Copa do Brasil e o Brasileirão - concluiu Diniz.

O próximo compromisso do São Paulo é no domingo, às 20h30, pela Copa do Brasil. Em casa, o Tricolor encara o Fortaleza, pelas oitavas de final, e precisa de uma vitória para se classificar. Como o jogo de ida, no Ceará, acabou em 3 a 3, e não há o critério do gol qualificado fora de casa, qualquer novo empate leva a decisão para as penalidades.

Futebol