PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fábio Santos mostra empolgação no retorno ao Corinthians e promete ajudar time

Fábio Santos beija escudo do Corinthians  - Ernesto Rodrigues/Folhapress
Fábio Santos beija escudo do Corinthians Imagem: Ernesto Rodrigues/Folhapress

20/10/2020 15h23

Nesta terça-feira, Fábio Santos foi apresentado pelo Corinthians como novo reforço para a temporada. O lateral-esquerdo, que retorna após passagem vitoriosa entre 2011 e 2015, mostrou empolgação para esse desafio durante sua entrevista coletiva nesta tarde. Com sua experiência e conhecimento do clube, ele promete colaborar dentro e fora de campo. O objetivo é tirar o Timão da situação atual e colocá-lo de volta no caminho vitorioso e de glórias.

Aos 35 anos, com seis títulos conquistados pelo Alvinegro, entre eles a Libertadores e Mundial de Clubes, Fábio tem bagagem de sobra para chegar com um prestígio de ídolo. Mas nem por isso ele sente como alguém acima dos demais e conformado com o que já obteve na carreira. Pelo contrário. O lateral mostrou mesmo uma disposição de garoto em início de trajetória no futebol.

"Vivi momentos importantes no clube, marcantes, a maioria bons momentos, maravilhosos momentos, e agora é um momento diferente. Se depender da minha motivação, as coisas vão mudar o quanto antes. Estou muito feliz, é gratificante voltar para um lugar onde a gente se sente querido, respeitado, estou muito empolgado para esse desafio", afirmou antes de completar:

"Eu tenho minhas conquistas, mas não me considero um ídolo. Me comparando a outros grandes jogadores que o Corinthians tem, fico até constrangido. É hora de cada um assumir responsabilidade, não ficar só nesses jogadores, explicar a todos a grandeza do Corinthians e trabalhar para sair desse momento, sabemos que temos capacidade de disputar coisas maiores no campeonato. Podemos passar esse otimismo e experiência que temos de Corinthians e carreira para buscar coisas maiores".

Fábio Santos também explicou como pretende ajudar dentro e fora de campo, algo que ele sempre esteve acostumado a fazer durante toda a carreira, inclusive em sua primeira passagem pelo Corinthians. Nessa volta ao clube, ele focará em ajudar na divisão das lideranças, tirando um pouco do peso das costas de companheiros das antigas, como Cássio, Fagner e Gil, além de, é claro, colaborar com os garotos do elenco principal nesse momento.

"É uma coisa minha de ter opinião e ajudar no vestiário. Temos líderes no clube, é importante ajudar, tirar a responsabilidade desses jogadores que vêm sendo criticados, tem uma carga pesada sobre eles. Chego para dividir essa carga com eles, venho muito motivado para desempenhar essa função. Me sinto bem fisicamente, os números das últimas temporadas provam isso, em relação a lesão a números de jogos. Venho para ajudar em campo e também no vestiário, com esses meninos".

Conhecido por ter um cuidado significativo com seu físico e por ter poucas lesões ao longo da carreira, Fábio Santos disse estar se sentindo bem para ajudar o Corinthians no que for necessário. Apesar de ter ficado no banco de reservas nos últimos meses pelo Atlético-MG, ele acredita que não terá problema para entrar em campo e sua escalação só depende da burocracia.

"Sempre amei e amo muito o que faço, valorizo demais a cada treino, a cada jogo, a cada momento, nunca reclamei de concentração, de treinar, de viagem, amo fazer o que faço, ser atleta profissional, procuro desfrutar cada momento. Sempre procurei me cuidar, a profissão exige isso. Minhas últimas temporadas no Atlético-MG foram boas nesse sentido, foram quatro temporadas e meia disputando acima de 60% dos jogos. Isso fazia com que eu tivesse um cuidado maior, também fora do clube fazendo trabalhos específicos".

"Tem esse preconceito com jogadores que passaram do 30, mas o julgamento tem que ser em campo, lógico que precisa de cuidados especiais, mas me sinto bem fisicamente. Faz tempo que não jogo partidas seguidas, mas treinos e viagens eu vinha tendo normal, o quanto antes quero ajudar em campo. Isso agora é mais questão de contrato na CBF ", concluiu Fábio.

Com a camisa 26 nas costas, Fábio Santos chega para brigar por uma vaga como titular da lateral esquerda, que hoje pertence a Lucas Piton. O reserva atual, Sidcley, está emprestado até o fim deste ano e não terá o contrato renovado. Se tiver condições de jogo, estará disponível para ser relacionado pelo técnico Vagner Mancini para a viagem ao Rio de Janeiro, onde o Timão enfrentará o Vasco, nesta quarta-feira, às 21h30, pela 18ª rodada do Brasileiro.

Futebol