PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conselho Deliberativo afasta José Carlos Peres da presidência do Santos; Orlando Rollo assume

28/09/2020 21h58

José Carlos Peres foi afastado da presidência do Santos. Na noite desta segunda-feira (28), o Conselho Deliberativo do Peixe foi favorável ao parecer da Comissão de Inquérito e Sindicância, que indicou a abertura de um processo de impeachment contra o presidente santista devido a irregularidades no demonstrativo financeiro do clube em 2019.

Absolvido das acusações, o vice-presidente, Orlando Rollo, que apresentou a sua defesa separadamente dos demais gestores, assume a presidência do Alvinegro Praiano imediatamente.

Peres terá agora direito a ampla defesa, que será analisada novamente pela CIS e levada aos conselheiros dentro de um intervalo de 60 dias. No entanto, ele passará por essa etapa já cumprindo o afastamento. A Comissão de Estatuto foi contrária a saída do presidente do seu cargo, mas o líder da Mesa Diretiva do Egrégio, Marcelo Teixeira, optou por seguir o rito da Comissão de Inquérito e Sindicância.

José Carlos Peres não esteve presente na videoconferência, que contou com a participação de quatro gestores: Anilton Perão, Estevam Rujas, Fabio Gaia e Pedro Doria.

O presidente da CIS, Vidal Sion, afirmou ser um dia histórico, pelo fato do Peixe ser o primeiro clube a afastar um mandatário dentro das diretrizes do Profut, programa de refinanciamento de dívidas no qual o Santos faz parte.

PROTESTO EM FRENTE A VILA

Antes do início da reunião virtual, um grupo de torcedores uniformizados protestaram na frente da Vila Belmiro pedindo o afastamento de Peres e demais gestores e pressionando o Conselho Deliberativo conduzir tal ação. Faixas e cânticos contra a atual gestão deram a tônica da manifestação.

Presente na secretaria social do clube, o presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira, foi cobrado presencialmente pelos torcedores.

Futebol