PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cabofriense enfrenta Mirassol buscando primeira vitória na Série D do Brasileiro

25/09/2020 14h06

Após o empate heróico no último minuto na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro contra o Cascavel, fora de casa, a Cabofriense entra em campo neste sábado (26), às 15h, no Correão, em Cabo Frio, para enfrentar o Mirassol (SP), pela segunda rodada do Grupo 7.

E a motivação para jogar em seus domínio é grande, mesmo com a ausência da torcida, até porque na continuidade da competição o tricolor praiano joga duas partidas fora de casa. Para o treinador da equipe, Toninho Andrade, esta partida pode fazer diferença no caminho que o clube pode ter no campeonato.

- É uma partida que pode começar ser um divisor de águas pra gente. Como conseguimos pontuar fora, se conseguirmos vencer em casa nos dá uma tranquilidade para a sequência da competição. É uma partida de fundamental importância pra gente, que consideramos muito difícil, assim como toda nossa chave, mas vencendo pode ser um divisor pois nossa confiança aumenta, você fica no topo da tabela e isso é algo muito positivo na Série D - disse o treinador, que analisou o rival e rasgou elogios.

- O adversário pelo que vi contra o Bangu é forte, com bom toque de bola, força ofensiva muito grande, foi um time que pressionou bem o Bangu. Jogando dentro de casa buscou o tempo inteiro a vitória, uma equipe muito qualificada, que sabe o que faz com a bola, tem um treinador de Série A de Brasileiro, chegou lá a pouco tempo e também deve estar ajeitando a equipe a sua maneira. O Mirassol tem uma estrutura muito boa. Esperamos um jogo muito difícil, nos impressionou muito a força ofensiva do Mirassol, o volume de jogo deles. Vamos ter que tomar esse cuidado de não deixar que eles tenham esse volume todo contra a gente. Espero que possamos neutralizar esse volume que eles tem.

Um dos confirmados da Cabofriense para essa importante partida é o o centroavante Gustavo Coutinho, que na estreia da Série D marcou três gols, ficando na Seleção da rodada. O jogador espera por mais oportunidades para balançar as redes.

- Trabalhamos muito pra isso (fazer os gols e ajudar a equipe). Espero que as oportunidades apareçam e isso acontecendo estarei o mais concentrado possível para poder aproveitá-las e ajudar meus companheiros a sair com os três pontos - disse o camisa 9.

A Cabofriense vem a campo com George, Jackinha, Lucas Cunha, Fellipe e Thiago Ryan; Feitosa, Gama e Willian; Vander, Erick Bahia e Coutinho. Técnico: Toninho Andrade

Futebol