PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Frank Rijkaard recusa convite para assumir a seleção holandesa

Frank Rijkaard  - Philipp Schmidli/Getty Images
Frank Rijkaard Imagem: Philipp Schmidli/Getty Images

11/09/2020 19h03

Classificação e Jogos

Frank Rijkaard recusou convite para assumir a seleção holandesa, de acordo com o jornal Telegraaf. Ainda segundo a publicação, treinador foi convidado pela federação para suceder Ronald Koeman no comando da Holanda, que procura um substituto para dar sequência ao projeto para a Eurocopa 2021 e Copa do Mundo 2022.

No entanto, o ex-jogador rejeitou o cargo, que ocupou entre 1998 e 2000, após o Mundial disputado na França. Vale lembrar que Koeman deixou o posto, após aceitar uma proposta para assumir o Barcelona, que passa por uma de suas maiores crises políticas e esportivas.

Com isso, Dwight Lodeweges, que era auxiliar do holandês, assumiu como treinador interino nas duas primeiras rodada da Liga das Nações. Nas partidas, a Holanda derrotou a Polônia por 1 a 0, mas perdeu para a Itália pelo mesmo placar, no Grupo 1 da competição. No dia 11 de outubro, a seleção volta a campo contra a Bósnia.

Desta forma, Rijkaard não voltará à beira do campo, já que está ausente do trabalho de treinador desde 2013, quando deixou a seleção da Arábia Saudita. aos 57 anos, parece que o ex-jogador não pretende retomar a carreira, já que nem um convite para reassumir a seleção de seu país o seduziu.

Esporte