PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Jornal diz que Arsène Wenger recusou proposta para treinar o Barcelona

Arsène Wenger deixou o comando técnico do Arsenal em 2018 e desde então está sem trabalhar  - Christopher Lee /Getty Images
Arsène Wenger deixou o comando técnico do Arsenal em 2018 e desde então está sem trabalhar Imagem: Christopher Lee /Getty Images

13/08/2020 09h30Atualizada em 13/08/2020 13h58

Sem clube desde que deixou o Arsenal em 2018, Arsène Wenger foi abordado pelo Barcelona para treinar o clube.

Segundo o jornal "Le10Sport", o treinador teve uma reunião com os dirigentes do clube catalão, mas acabou recusando a proposta.

O objetivo de Wenger seria de assumir os catalães nas oitavas de final da Liga dos Campeões e começar a preparar a equipe para a próxima temporada.

Wenger, por sua vez, não aceitou.

Atualmente com 70 anos, Wenger passou 22 temporadas no comando do Arsenal. Ele conquistou três vezes o Campeonato Inglês.

A proposta contraria o próprio presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu.

No início de agosto, antes do jogo de volta contra o Napoli nas oitavas de final do torneio — que vitória por 3 a 1 para o time espanhol e a consequente classificação —, ele afirmou que Setién continuaria no cargo independentemente do resultado.

Barcelona