PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Compra de imóvel 'reacende' chance de Messi chegar a Inter de Milão

11/08/2020 16h19

Operação a qual chegou a ser mencionada como tentada há muitos anos em entrevista dada por um ex-dirigente da Inter de Milão, parece que a equipe italiana voltou a carga para, dessa vez, conseguir tirar o astro Lionel Messi do Barcelona.

A informação que serviu para "esquentar" o assunto surgiu do famoso diário La Gazzetta dello Sport apontando que o jogador argentino teria feito a aquisição de um imóvel na cidade de Milão em um bairro nobre da cidade, Puonta Nova.

Chamou a atenção também o fato de que o suposto imóvel tem proximidade com o estádio Giuseppe Meazza, casa da Internazionale.

Em fim de contrato com a equipe catalã e tido como insatisfeito com os problemas administrativos refletidos muitas vezes na montagem de plantel, Messi chegou publicamente a reclamar de como o clube encarava sua situação. Seja como instituição ou, principalmente, como clube competitivo e que se acostumou nos últimos anos a "empilhar" títulos.

Além da questão contratual, o aspecto de investimento não seria, em tese, um problema para o clube que tem como proprietário desde 2016 Zhang Jindong, empresário chinês que comanda a multinacional Suning Holdings Group.

Apesar de anteriormente as informações apontarem que o clube não faria esforços "extravagantes" para reter nomes como Lautaro Martínez (curiosamente, alvo do Barcelona), a chegada de Lionel Messi é vista como capaz de elevar a imagem da Inter de Milão pensando na recuperação de prestígio continental.

Futebol