PUBLICIDADE
Topo

Sheffield atropela o Chelsea, e Blues podem deixar o G-4 na rodada

Willian comemora gol do Chelsea em partida contra o Watford - REUTERS / Matthew Childs
Willian comemora gol do Chelsea em partida contra o Watford Imagem: REUTERS / Matthew Childs

11/07/2020 15h36

Depois de duas vitórias consecutivas no Campeonato Inglês, o Chelsea visitou o Sheffield neste sábado, pela 35ª rodada da competição, e viu os donos da casa vencerem por 3 a 0 no Estádio Bramall Lane. Com o resultado, os londrinos podem até deixar a zona de classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões.

Eficiência prevaleceu

O Sheffield tinha claro o propósito de ser o mais objetivo possível. E foi assim durante todo o jogo. O time de Chris Wilder quando tinha a bola tentava chegar ao ataque do Chelsea de forma rápida. O primeiro gol foi de David McGoldrick, pegando rebote na área. O segundo foi de Oliver McBurnie, aproveitando belo cruzamento de Stevens. David McGoldrick, mais uma vez, fechou o placar no segundo tempo.

Muita posse e pouca objetividade

O Chelsea teve a posse de bola em praticamente o jogo todo. No entanto, o time de Frank Lampard não sabia o que fazer com ela. Quando chegava ao gol de Dean Henderson, não tinha precisão. Ao final da partida, os números de posse de bola marcaram 76% para os Blues, contra 24% do Sheffield.

G-4 ameaçado

Com o resultado, o Chelsea pode deixar a zona de classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. Como Manchester United e Leicester ainda jogam na rodada, os londrinos terão que secar os adversários, que se vencerem ultrapassarão os Blues.

Esporte