PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Landim esclarece posição do Flamengo quanto à transmissão da final: 'Preocupação com o torcedor'

08/07/2020 21h34

Minutos antes da bola rolar no Maracanã, na decisão da Taça Rio, o presidente Rodolfo Landim buscou esclarecer as posições do clube em relação à transmissão da partida contra o Fluminense, que virou pauta para o TJD-RJ e STJD. De acordo com o mandatário, a preocupação da diretoria era com os torcedores dos dois times, a fim de garantir que o jogo fosse transmitido.

- Depois do sorteio, a posição do Flamengo ficou muito clara. O Flamengo entendeu que o mando de campo passou a ser do Fluminense e, como tal, tinha o direito de passar esse jogo. A preocupação que o Flamengo teve, depois de todo esforço da MP, que os torcedores deixassem de ver o jogo. A maior preocupação do Flamengo foi o contrato que o Fluminense tinha com a Globo. Toda hora mudando de posição, uma hora dizendo que não passaria o jogo pois isso enfraqueceria o direito de longo prazo, que a Globo considerava rompido, mas ele (Fluminense) que não - afirmou ao UOL, antes de completar:

- Ficamos com medo que no meio desse imbróglio jurídico que o torcedor ficasse sem ver o jogo, o que seria o pior de tudo. A nossa preocupação era que o torcedor do Flamengo e do Fluminense pudessem ver o jogo. Nosso posicionamento para buscar uma alternativa caso esse imbróglio impedisse as pessoas de assistirem ao jogo - finalizou Landim, presidente do Flamengo.

Depois de idas e vindas na Justiça e diversas manifestações por partes dos clubes, ficou determinado que a final da Taça Rio fosse transmitida apenas pela FluTV, canal oficial do Fluminense no Youtube, em conformidade com a MP 984 e o regulamento do Campeonato Carioca, uma vez que o Flu era o mandante.

Futebol