PUBLICIDADE
Topo

Jesus tinha acordo com candidato que perdeu eleição no Barcelona, diz amigo

Jorge Jesus poderia ter treinado o Barcelona antes de assumir o Flamengo - Thiago Ribeiro/AGIF
Jorge Jesus poderia ter treinado o Barcelona antes de assumir o Flamengo Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

07/07/2020 08h43

Carlos Padrão, ex-jogador de futebol e amigo pessoal de Jorge Jesus, afirmou em entrevista para a rede de televisão TSF que o técnico do Flamengo teria um acordo verbal com um dos candidatos à presidência nas últimas eleições do Barcelona, em 2015. No entanto, o resultado do pleito fez o português não comandar o Barça e seguir do Benfica para o Sporting.

"Sobre o Barcelona, sei que houve um candidato a presidente que entrou em contato com Jorge (Jesus) e havia um princípio de acordo, mas perdeu nas últimas eleições. Agora, não sei se há contatos", contou Padrão.

O amigo revelou uma conversa que teve com o comandante na última semana e acredita que Jesus tem um sonho ambicioso para o futuro.

"A única coisa que posso dizer é minha opinião. Está preparado para ser treinador da seleção brasileira. Ser técnico do Brasil e ser o primeiro estrangeiro no cargo é melhor do que treinar o Real Madrid, Barcelona, Benfica ou Porto", opinou.

Jorge Jesus possui contrato com o Flamengo até a metade de 2021, mas sofre grande assédio do Benfica desde a demissão do técnico Bruno Lage. Ainda assim, a diretoria do clube carioca confia que o português irá honrar com o compromisso. Nenhuma proposta oficial chegou para o presidente Rodolfo Landim, mas caso o Benfica cubra o valor da multa estabelecida no vínculo, a decisão estará nas mãos do treinador.

Flamengo