PUBLICIDADE
Topo

São Paulo cobra Cruzeiro por salários, e Everton Felipe pode deixar a Raposa

03/07/2020 17h50

O São Paulo está cobrando o Cruzeiro pelo não pagamento dos salários do meia Everton Felipe, emprestado à Raposa desde janeiro para a temporada 2020.

Como publicou o Uol, o Tricolor acionou a Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF pedindo a rescisão imediata do contrato de empréstimo e cobrando os valores pendentes.

No acordo entre as partes, ficou estabelecido que Everton Felipe teria seus salários pagos pelo São Paulo e que o Cruzeiro reembolsaria o valor para o clube paulista. Isso aconteceu a pedido do jogador, que temia ficar sem remuneração se vinculasse sua CLT ao clube mineiro, que vive imensa dificuldade financeira - maior que a do São Paulo.

O Cruzeiro nunca fez este reembolso ao São Paulo. O clube mineiro seria o responsável por 100% dos salários em carteira, cabendo ao Tricolor o pagamento dos impostos.

Embora haja a possibilidade de retorno, Everton Felipe não deve ser utilizado por Fernando Diniz. Com contrato até o meio de 2022, o atleta de 22 anos está fora dos planos da comissão técnica e provavelmente será emprestado a outra equipe caso isso aconteça.

Na Raposa, Everton disputou nove partidas e não marcou gols até a pausa dos campeonatos. Antes, ele já havia sido cedido pelo São Paulo ao Athletico-PR, onde foi utilizado em apenas cinco partidas. No Morumbi, o jovem atuou 21 vezes entre 2018 e 2019 após custar R$ 6 milhões, pagos em duas parcelas ao Sport, clube que o revelou.

Futebol