PUBLICIDADE
Topo

Para a Ferj, clubes 'não devem exercer o direito de transmitir seus jogos', mesmo como mandantes

02/07/2020 17h45

Após a decisão da Globo de rescindir o contrato e não transmitir mais o Campeonato Carioca, a Federação de Futebol do Estadio do Rio de Janeiro posicionou-se por meio de uma nota. A Ferj diz ter sido surpreendida com a notificação da emissora e afirma que apresentará uma contra notificação. Por fim, a entidade diz entender que os clubes signatários do contrato - todos da Série A com exceção do Flamengo -, "no momento e mesmo como mandantes, não devem exercer o direito de transmitir seus jogos até posterior decisão."

Confira a publicação feita pelo Ferj no perfil oficial do Campeonato Carioca.

"A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro foi surpreendida, nesta data, com a notificação da TV Globo sobre a rescisão de contrato dos direitos de transmissão do Campeonato Carioca e ainda com a informação, no documento, de que a emissora garante o pagamento integral da cota de 2020. Assim sendo, a FERJ apresentará a contra notificação e entende que os clubes signatários do contrato, no momento e mesmo como mandantes, não devem exercer o direito de transmitir suas partidas até posterior decisão."

Futebol