PUBLICIDADE
Topo

Vasco chega a acordo em relação à dívida que tinha com Biosanear

06/06/2020 21h19

O imbróglio judicial entre o Vasco e a Biosanear teve um desfecho na noite da última sexta-feira. Segundo informação do site "Esporte News Mundo", as partas entraram em acordo para que a empresa ambiental retirasse a ação, que causava desde 2018 entraves financeiros devido a penhoras sobre os direitos jogos do Cruz-Maltino. Segundo os autos, a Biosanear receberá R$ 4,2 milhões.

O clube reconheceu a dívida líquida de R$ 4,4 milhões e conseguiu uma redução de R$ 250 mil. Além disto, foi estabelecido que por volta de R$ 3,8 milhões já serão quitados imediatamente por valores penhorados (entre eles, a premiação pela classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana, avaliada em R$ 52 mil).

Durante este período, a ação milionária da Biosanear (que inicialmente girava em R$ 21 milhões) causou penhoras e até impediu o Vasco de realizar transferências.

A ação segue na 42ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e ainda precisa da homologação da juíza Katia Cilene da Hora Machado Bugarim para que o acordo seja selado judicialmente.

Futebol