PUBLICIDADE
Topo

Rodriguinho explica por que não foi para o Flamengo 'no apagar das luzes'

Rodriguinho carrega a bola durante sua estreia pelo Bahia - Felipe Oliveira / EC Bahia
Rodriguinho carrega a bola durante sua estreia pelo Bahia Imagem: Felipe Oliveira / EC Bahia

06/06/2020 17h50

Por pouco, Rodriguinho não tornou-se reforço do Flamengo em 2019. Antes de acertar o seu retorno para o Brasil, mais precisamente para o Cruzeiro, no ano passado, o meio-campista só não assinou com o Rubro-Negro por conta de Arrascaeta.

Em entrevista à "ESPN Brasil", Rodriguinho afirmou que, durante as conversas finais da negociação, o Fla optou por Arrascaeta, que estava no Cruzeiro, "no apagar das luzes".

- Seriam três clubes que teriam a possibilidade de me tirar do Egito: Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro. Com o Flamengo, a gente chegou perto de um acerto, mas no apagar das luzes não deu certo, e eles levaram o Arrascaeta.

Rodriguinho estava no Pyramids, do Egito, antes de assinar com o Cruzeiro, que o recrutou justamente após a saída de Arrascaeta. Para ter o uruguaio, aliás, o Flamengo embolsou cerca de R$ 90 milhões.

Arrascaeta é, hoje, uma das estrelas de um Flamengo que empilhou taças sob o comando de Jorge Jesus. Rodriguinho, por sua vez, busca a sua melhor versão, como a apresentada nos tempos de Corinthians. Hoje, após uma passagem apagada pelo Cruzeiro, defende o Bahia.

Flamengo