PUBLICIDADE
Topo

Futebol

João Pedro exalta 'melhor temporada de sua carreira' pelo Cagliari

28/05/2020 20h41

O desempenho de João Pedro na temporada 2019/2020 no ataque do Cagliari Calcio despertou interesse de Roma, Torino e Napoli, além do PSG, da França. Há seis anos, o mineiro de Ipatinga veste a camisa 10 do Rossoblu, time mais tradicional da Sardenha, e atualmente desponta como um dos principais goleadores desta edição Campeonato Italiano.

Na quarta posição na artilharia, com 16 gols, João vê somente grandes craques à sua frente, como Immobile (Lazio), Cristiano Ronaldo (Juventus) e Lukaku (Inter). Na Copa da Itália o brasileiro marcou uma vez, totalizando 17 em 28 jogos. Sendo assim é um dos jogadores nascidos no Brasil com mais gols na Europa. Neymar e Gabriel Jesus, por exemplo, têm apenas um gol a mais.

Aos 28 anos, o atacante vive o melhor momento da carreira. Com experiência acumulada nas categorias de base da Seleção, no futebol brasileiro, uruguaio e português, João Pedro se consolidou, de fato, em gramados italianos. Pelo Cagliari, soma mais de 180 jogos e tem 55 gols em sua a história no clube que completa o centenário em 2020. Até a paralisação por conta da pandemia de coronavírus, entrou em campo 28 vezes e anotou 17 tentos, como dito acima.

- Até o momento de paralisação, a temporada estava competitiva e divertida, eu estava indo bem, e contribuindo com o Cagliari. Hoje em dia, é difícil um jogador ficar seis anos na mesma equipe, as transações são mais frequentes, e o clube acreditou em mim desde o primeiro treino. Aqui eu pude desenvolver meu jogo, com toda a bagagem que fui acumulando em diferentes países, e aprender muito com o estilo tático italiano, que é uma grande referência mundial. Essa era, ou melhor, ainda é a minha melhor temporada, que eu melhor me preparei, mais me doei, porque sabia que para o Cagliari era muito importante, e para mim também - disse João Pedro.

Na última partida que disputou antes da paralisação, no dia 1º de março, João Pedro marcou dois gols contra a Roma, mas não foi o suficiente para impedir a derrota para os rivais por 4 a 3, pela 26ª rodada da competição.

Oito dias depois, o primeiro-ministro Giuseppe Conte decretou a suspensão temporária de todos as atividades esportivas, com o objetivo de conter o avanço da COVID-19 no país - àquela altura, a Itália era o segundo país mais afetado pela doença, atrás apenas da China.

- A situação na Itália está muito mais controlada, o número de casos e de fatalidades têm diminuído a cada dia, então a gente está caminhando para a segunda fase desse processo, nos preparando para o retorno, mas com responsabilidade - afirmou o camisa 10.

De acordo com a Federação Italiana, o retorno acontecerá no dia 20 de junho, com as quatro partidas do Campeonato Italiano que faltam ser disputadas para a conclusão da 25ª rodada. Entre elas, está o confronto entre Verona x Cagliari. Antes disso, no dia 13, serão disputadas as primeiras partidas das semifinais da Copa da Itália. Todos os duelos serão com portões fechados.

Futebol