PUBLICIDADE
Topo

Pedro Henrique reforça cautela do Corinthians para volta do futebol

27/05/2020 16h37

O Corinthians, na última terça-feira, publicou carta aberta para se manifestar contra a volta imediata do futebol no Brasil em meio à pandemia de coronavírus. E os jogadores do clube continuam com discurso afinado sobre o assunto. Dessa vez foi Pedro Henrique a reforçar o intuito corintiano de seguir as recomendações das autoridades responsáveis pela saúde no país.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o zagueiro pediu cautela para o retorno das atividades e penso no quanto os atletas podem arriscas as próprias vidas e a de outros envolvidos no dia a dia do Timão. Além disso, ele torce para que haja entendimento das mais diversas entidades esportivas do país nesse tema.

- Eu acompanho as notícias de São Paulo. Cada dia aumenta mais o número de casos e mortes, isso nos deixa frustrados e com medo. Temos que ter cautela nesse momento ao falar de retorno. Vamos estar arriscando nossas vidas, temos que ser cautelosos, mais humanos. Vamos estar arriscando as nossas vidas e dos outros, de quem trabalha no dia a dia do clube. Eu vejo as notícias, vejo no grupo que temos. As coisas estão bem complicadas em São Paulo. Só vamos voltar quando tiver segurança e todos estiverem de acordo. CBF, órgãos públicos, todos numa mesma opinião. Não adianta um ou outro apoiar a volta.

Nesta quarta-feira, o governador de São Paulo, João Dória, anunciou o início da flexibilização da quarentena no estado a partir do dia 1º de junho. Entre os setores flexibilizados nestas primeiras fases não está incluído o futebol. Com isso, a retomada das atividades ainda deve demorar mais um tempo até que se consiga controlar a pandemia de coronavírus, ao menos em território paulista. Enquanto isso, Pedro se vira para manter a forma em sua casa.

- Minha área de lazer passou a ser a academia, os preparadores (físicos do Corinthians) mandam os treinos. Todos estão se dedicando a isso. É difícil. Não é a mesma coisa que treinar no CT, estamos tentando não voltar tão abaixo. Temos que dar esse gás na quarentena, porque vai ser complicado quando voltar. Comprei esteira, os pesos, halteres, uma bike... Venho me dedicando bastante aos treinos, porque vai ser pauleira quando voltar, não vai ter folga, temos que estar acostumados - explicou o defensor.

Pedro Henrique e o elenco do Corinthians continuam trabalhando em suas casas seguindo as recomendações da comissão técnica do clube. Por enquanto não há prazo para retorno. Vale lembrar que as atividades no clube estão paralisadas há mais de dois meses. Nesse período os jogadores já receberam férias antecipadas em abril e tiveram redução de 25% nos salários em carteira.

Futebol