PUBLICIDADE
Topo

Corinthians se garante e aumenta valor da multa de joia da base

27/05/2020 17h20

O Corinthians deve dispensar nos próximos dias alguns jogadores das categorias de base do clube por conta da crise gerada pela pandemia de coronavírus, no entanto ao mesmo tempo busca se garantir com algumas das principais joias criadas no clube. É o caso de Gabriel Pereira, que recebeu aumento salarial e viu sua multa subir para quase R$ 150 milhões.

Atacante de 18 anos, Gabriel foi um dos destaques do Timão na disputa da Copa São Paulo, no início deste ano, mas ainda não foi promovido aos profissionais, somente participou de alguns treinamentos desde então, ou seja, continua integrado à equipe sub-20, dirigida por Dyego Coelho, que no momento também está com as atividades paralisadas e treina à distância.

O contrato do jogador é válido até março de 2022, vínculo que já estava acordado antes do aumento salarial, que o próprio Gabriel divulgou em sua rede social. De acordo com informação do GloboEsporte.com, confirmada pelo LANCE!, a nova multa rescisória para clubes do exterior foi estabelecida em 25 milhões de euros (R$ 145,5 milhões na cotação atual).

?

?- Obrigado a todos os envolvidos e aos torcedores do Corinthians, uma honra continuar com esse manto. Sonhos sendo realizados, vamos por mais - disse Gabriel no Instagram, onde recebeu apoio de outros jovens como Janderson.

Futebol