PUBLICIDADE
Topo

Manchester United

Dívida do Manchester United chega a cerca de R$ 3 bilhões durante pandemia

Estádio Old Trafford, do time de futebol Manchester United - VisitBritain/Andrew Pickett
Estádio Old Trafford, do time de futebol Manchester United Imagem: VisitBritain/Andrew Pickett

21/05/2020 18h36

O Manchester United anunciou hoje que a dívida líquida do clube aumentou para cerca de 430 milhões de libras (R$ 2,9 bilhões). O balanço financeiro é válido pelo terceiro trimestre da temporada 19/20.

A dívida dos Red Devils aumentou de 127,4 milhões de libras (R$ 881 milhões) para 429,1 milhões de libras (R$ 2,9 bilhões) no período da chegada do coronavírus na Europa.

"Nosso foco continua na saúde e no bem-estar de nossos colegas, torcedores e parceiros em todo o mundo. Estamos extremamente orgulhosos de como as pessoas ligadas ao clube reagiram durante essa crise", disse Ed Woodward, vice-presidente do clube.

O Manchester United é um dos clubes mais ricos e de maior faturamento no mundo. Em nota oficial, afirmou que tem reserva de dinheiro de cerca de 90 milhões de libras (R$ 622 milhões) para a próxima janela de transferências, além de acesso a 150 milhões de libras adicionais (R$ 1 bilhão).

"Estamos ansiosos para que a equipe retorne com segurança ao campo e aproveite o excitante momento que Ole e os jogadores alcançaram anteriormente, enquanto tomamos todas as medidas necessárias para proteger a saúde pública. Nossos pensamentos permanecem com todos os afetados durante este período sem precedentes", acrescentou.

Manchester United