PUBLICIDADE
Topo

Flamengo ainda tem R$ 110 milhões a receber do Real Madrid por Reinier

Reinier foi apresentado no Real Madrid no dia 18 de fevereiro - REUTERS/Juan Medina
Reinier foi apresentado no Real Madrid no dia 18 de fevereiro Imagem: REUTERS/Juan Medina

16/05/2020 09h25

Promessa da base mais recente a ser vendida pelo Flamengo, Reinier ainda renderá muito dinheiro aos cofres rubro-negros. O clube da Gávea ainda tem a receber do Real Madrid, da Espanha, três parcelas de 6,66 milhões de euros cada (valor total de R$ 114,494 milhões). Pelo meia, o Fla já recebeu 10 milhões de euros.

As parcelas restantes devem ser pagas pelo Real Madrid em julho deste ano, em janeiro e julho de 2021. Desta forma, a transferência do meio-campista — finalizada em 20 de janeiro de 2020 — é a de maior valor da história do clube na moeda corrente do Brasil, acima dos R$ 165 milhões, "passando" as vendas de Vini Jr e Lucas Paquetá, vendidos em 2017 e 2018, respectivamente, por cerca de R$ 150 milhões cada.

O Flamengo ainda tem a receber valores, em 2020, referentes às transferências de outros dois "Garotos do Ninho". A Udinese, da Itália, quitará a compra do atacante Felipe Vizeu até 30 de setembro, com o pagamento de 500 mil dólares, cerca de R$ 2,6 milhões.

Já o Lyon, da França, desembolsará 2 milhões de euros (R$ 11,54 milhões) que faltam do acordo pelo meia Jean Lucas até 1º de julho.

Flamengo