PUBLICIDADE
Topo

Pedro e Gabigol projetam defesa do título da Libertadores pelo Flamengo

09/04/2020 13h45

Com dois gols na final - e nove na competição -, Gabriel Barbosa foi o grande nome da conquista da América pelo Flamengo em 2019. O atacante, em participação no podcast da Conmebol Libertadores, relembrou a histórica virada diante do River Plate (ARG), no Monumental de Lima, no Peru, e projetou a participação do time de Jorge Jesus nesta edição da Copa, na defesa do título.

- A Libertadores da minha vida foi a de 2019. A primeira que eu venci, segunda que eu joguei. Foi muito rápido. Por ser no Flamengo, por ter vitórias incríveis, jogos difíceis, e, principalmente, com a virada na final (2 a 1 contra o River Plate), com meus dois gols. Foi muito marcante para mim e está marcada para o resto da minha vida - afirmou o camisa 9 rubro-negro, antes de completar:

- Os dois são difíceis (ser campeão e defender o título). Quando você vence, obviamente, fica muito feliz e, por ser a primeira, tem um peso especial. No clube e na vida pessoal. Mas conquistar de novo pode ter um peso ainda maior.

As primeiras impressões deixadas pelo Flamengo na atual edição da Libertadores foram positivas: vitórias sobre Junior Barranquilla - 2 a 1 na Colômbia - e Barcelona (EQU) - 3 a 0 no Maracanã. Contudo, a competição foi paralisada por tempo indeterminado por conta da pandemia do coronavírus.

Para esta edição, a diretoria do Flamengo atendeu aos pedidos de Jorge Jesus e contratou Pedro, um centroavante típico. O jovem, que está a disputar sua primeira Libertadores, teve um bom início com a camisa rubro-negra em 2020, e mostrou-se empolgado em reforçar o elenco do atual campeão da América.

- A Libertadores é a competição mais importante da América. Será a minha primeira, então tem um gostinho especial. Fazer parte desse grupo vencedor, que mostrou isso no ano passado, me sinto lisonjeado e muito motivado para, se Deus quiser, continuarmos conquistando. Espero que a gente tenha muito sucesso nessa Libertadores - projetou em participação podcast da Conmebol

Futebol