PUBLICIDADE
Topo

Diretor crê em "fico" de Jesus, mas diz que crise tira "renovação do foco"

Jorge Jesus comanda o Flamengo. Técnico negocia renovação - Thiago Ribeiro/AGIF
Jorge Jesus comanda o Flamengo. Técnico negocia renovação Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

06/04/2020 20h13

O diretor de futebol Bruno Spindel foi o convidado desta segunda-feira no "Papo Virtual", da "FlaTV". Nome forte do futebol do Flamengo, Spindel reforçou a boa relação com o técnico Jorge Jesus, cujo contrato com o clube da Gávea se encerra em junho.

Por conta da pandemia do coronavírus, as tratativas com o Mister saíram "um pouco do foco", segundo o diretor, antes de reforçar o otimismo na permanência do Mister Jorge Jesus até dezembro de 2021, data final desejada pelo Flamengo.

"A relação com o Mister é a melhor possível. É um cara muito bacana, muito humano fora do trabalho, divertido e que vive futebol 24 horas por dia. É o que ele ama. É uma relação de cobrança por melhoria em tudo que está relacionado ao futebol. Ele contribui demais para levar o Flamengo a cada dia a um novo patamar. Estamos muito felizes com ele, e ele com o Flamengo, com o Rio de Janeiro, Brasil, com a torcida do Flamengo. A pandemia tira um pouco o foco da renovação, mas esperamos que dê tudo certo. Vamos esperar que a gente vença essa luta contra o vírus para ele continuar dando alegria ao nosso torcedor, com esse ambiente maravilhoso que ele tem com os atletas. Esperamos que dê tudo certo", afirmou Spindel.

Na sequência, o diretor revelou que o "DNA rubro-negro", o estilo de jogo desejado pelo clube, foi o principal fator para que Jorge Jesus aceitasse o desafio de vir dirigir o Flamengo no meio de 2019. Com o Mister, a equipe conquistou a Libertadores, Brasileirão, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, com direitos a vários recordes quebrados e atuações marcantes.

"O principal fator para o Jorge Jesus estar no Flamengo foi a ideia e a filosofia de jogo de acordo com o que a gente pensa para o Flamengo. É o que o torcedor espera: um futebol impositivo, com posse de bola, ofensivo, pressionando o adversário quando perde a bola, sempre querendo vence", disse.

Flamengo