PUBLICIDADE
Topo

Cavani no Palmeiras? Veja como foi contato com a família do atacante

02/04/2020 16h09

Nesta quinta-feira, o empresário e meio-irmão de Edinson Cavani, Walter Fernando Guglielmone, revelou que Flamengo, Internacional e Palmeiras o sondaram. O LANCE! apurou que, realmente, houve um contato do Verdão diretamente com familiares do uruguaio, mas a negociação pouco avançou.

Em dezembro, um parente de Cavani procurou o Palmeiras. O atacante tem contrato somente até junho com o Paris Saint-Germain e, dependendo do que se decidir sobre o futebol europeu em meio à pandemia do coronavírus, estará livre no mercado com o fim do vínculo com o clube francês. Nesse cenário, o Brasil e o Verdão apareceram como possível destino.

Ainda em dezembro, Maurício Galiotte recebeu um representante do astro. O presidente do Palmeiras apresentou todas as instalações da Academia de Futebol, centro de treinamento do elenco profissional. Ocorreu um bate-papo interpretado somente como superficial, até porque o familiar de Cavani deixou claro que faria visitas a outros times brasileiros, para conhecer o mercado.

Desde então, não houve nenhum contato formal para contratar Cavani. O Palmeiras iniciou 2020 preocupado em se ajustar financeiramente e acredita que, mesmo livre no mercado, o atacante possui no PSG salários muito acima da realidade alviverde. Por isso, não se criam altas expectativas a respeito de sua contratação. A conversa com o parente do uruguaio não teve avanço nem para se falar a respeito de possíveis números a se oferecer para o jogador.

Em quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus, Cavani se encontra em sua fazenda em Salto, interior do Uruguai. Na atual temporada, possui quatro gols em 14 partidas pelo clube francês, com salários anuais estimados na casa dos 10 milhões de euros (cerca de R$ 57,2 milhões).

Ainda neste ano, o Palmeiras chegou a fazer consulta por outro atacante do exterior: Hulk, que tem contrato até dezembro com o Shanghai SIPG. Mas seus salários na China, também assustaram: segundo a revista France Football publicou em 2019, 23,4 milhões de euros (quase R$ 134 milhões) em salários, o que representa mais de R$ 11 milhões por mês na cotação atual.

A situação financeira do Palmeiras gera mais cautela no momento. O clube deseja pagar integralmente os salários de jogadores e comissão técnica, mesmo em meio à pandemia do coronavírus, mas a execução desses planos requer cuidados, com estudo aprofundado sobre o caso neste mês.

Para a posição de Cavani, o Palmeiras conta com Luiz Adriano, titular da posição, e com Willian atuando como alternativa em caso de desfalque do camisa 10. Por enquanto, o elenco está em férias coletivas, desde quarta-feira até o dia 20. Os jogadores foram liberados por tempo indeterminado no dia 16, devido à pandemia, e não há previsão de retorno de treinos e competições.

Futebol