PUBLICIDADE
Topo

Departamento Médico do Santos seguirá ativo mesmo durante férias

01/04/2020 05h00

O Departamento Médico do Santos seguirá ativo mesmo após o clube conceder férias coletivas a atletas, comissão técnica e diversos funcionários a partir desta quarta-feira. Com isso, os jogadores poderão manter o regime de recuperação física mesmo com o recesso.

Até o momento, a postura adotada pela diretoria santista era de "home office", dispensando os atletas das atividades presenciais no CT Rei Pelé, mas, através de uma cartilha, recomendando cuidados físicos específicos em casa, seguidos a risca até o então. No entanto, aqueles que estavam em processo de recuperação ainda encaminhavam-se ao DM. Esses, deverão seguir os seus trabalhos utilizando-se das estruturas do clube, mesmo nos próximos 20 dias.

Alguns jogadores, como Marinho, estão recuperados. Outros, como Vladimir, foram avaliados pelos profissionais do DM e dispensados das atividades presenciais, sendo instruídos a realizar exercícios específicos de maneira individual. Porém, casos como os de Renyer e Alison, que recuperam-se de lesões mais graves, são mais delicados e exigem maior tempo e atenção.

A iniciativa do Peixe em antecipar o recesso foi ao encontro da decisão do Conselho Nacional dos Clubes e CBF, no intuito de adequar-se as eminentes mudanças do calendário do futebol brasileiro após a pandemia do novo coronavírus. O clube planeja efetuar o pagamento das férias na primeira semana de maio, mas, até o momento, não cogita reduzir o salário dos jogadores.

Futebol