PUBLICIDADE
Topo

Jornal compara Messi a Che Guevara após corte de salário por coronavírus

Jornal francês L"Equipe fez montagem de Messi como Che Guevara - Reprodução/L"Equipe
Jornal francês L'Equipe fez montagem de Messi como Che Guevara Imagem: Reprodução/L'Equipe

30/03/2020 19h41

A capa do jornal "L'Équipe" de amanhã será, no mínimo, bastante curiosa. Após Lionel Messi anunciar, em nome de todo o elenco, pelas redes sociais que os jogadores do Barcelona vão abrir mão de 70% do salário durante a crise de coronavírus, o diário francês usou o rosto do camisa 10 sendo transformado no de Che Guevara, ex-guerrilheiro argentino.

Com a legenda "Le Che du Barça" (O Che do Barça, na tradução livre), o jornal diz: "A estrela do Barcelona, apoiada por seus companheiros de equipe, está indignada com a direção. Se o argentino aprova a queda nos salários no contexto atual, denuncia os procedimentos dos líderes".

Amado por uns e odiado por outros, Che Guevara foi, além de guerrilheiro, um médico, escritor, diplomata, militar e revolucionário comunista. Junto com Fidel Castro, foi um dos líderes da Revolução Cubana, da qual participou da revolta armada até 1965.

Em 2011, o jogador do Barcelona, em entrevista à revista "La Garganta Poderosa", disse que se emocionava ao ver ao redor do mundo camisas e bandeiras com o rosto de Che.

"Algumas vezes, vou a outras partes do mundo e encontro a camisa argentina com meu nome, e isso é o máximo. Fico emocionado ao ver camisetas ou bandeiras do Che Guevara e de Maradona em qualquer lugar do mundo. Me dá uma sensação muito boa."

Barcelona