PUBLICIDADE
Topo

Quem se salva no Corinthians: Fagner lidera duas estatísticas do Paulista

29/03/2020 08h00

Até a pausa, por tempo indeterminado, devido à pandemia do coronavírus, o Corinthians protagonizava só a décima melhor campanha entre os 16 que disputam o Campeonato Paulista, a três pontos da zona de rebaixamento e com pouca chance de classificação. Mas, ainda assim, tem um jogador que lidera estatísticas no torneio e se salva em meio às críticas: Fagner.

De acordo com o Footstats, o lateral-direito é quem mais dá cruzamentos na comparação com todos os jogadores que entraram em campo pelo Estadual. Além disso, divide a liderança por assistências de gol com Vitor Bueno (São Paulo), João Paulo e Bruno Rodrigues (Ponte Preta), Chico (Mirassol) e Felipe Jonatan (Santos), mas, na assistência para finalização, é o segundo, expondo como é um jogador com diversas tentativas para fazer o ataque funcionar.

Fagner disputou todas as dez rodadas do Campeonato Paulista e deu três assistências para gols. Números atingidos diante dos 27 passes para finalização do lateral - em média, são quase três (2,7) passes para um colega arriscar gol por jogo. Somente Daniel Alves, do São Paulo, tem mais assistência para finalização: 31, em nove partidas no torneio pelo clube (3,4 de média).

Os números de assistência de Fagner chamam ainda mais atenção na comparação com as estatísticas do Corinthians, no total, no Estadual. A equipe fez nove gols no torneio, o que indica que um terço saíram de passes de Fagner. Além disso, os comandados do técnico Tiago Nunes deram 112 assistências para finalização, com o lateral-direito representando 24% delas - na prática, a cada quatro tentativas a gol do time, uma sai de passe do jogador.

Nos cruzamentos, Fagner deu 88 no total, o que significa quase nove (8,8) por partida no Paulista, sendo quem mais tenta na competição. O lateral-direito do Corinthians tem 33% de acerto, com correção em 29 das tentativas (média de 2,9) e erro em 59 (média de 5,9). Na comparação específica, Bidu, do Guarani, tem média maior de tentativas (9,7 por jogo), assim como o são-paulino Daniel Alves (8,9), que o supera ainda em cruzamentos certos (34).

Dentro da própria equipe, os números de Fagner ficam mais expressivos. O lateral-direito deu 30% dos 287 cruzamentos do time no Paulista - ou seja, ele é responsável por quase uma a cada três bolas erguidas por corintianos nas áreas adversárias. Em cruzamentos corretos, os 29 de Fagner representam 36% dos 80 que o Corinthians acertou. Além disso, ele tem índice de correção superior ao do time inteiro no quesito: 33% dele, 27,9% da equipe.

Devido à pandemia do coronavírus, o Campeonato Paulista parou na décima rodada. O Corinthians, do Grupo D, acumulou somente 11 pontos, superando a Ferroviária, lanterna da chave, apenas em gol feitos (11 contra 12) e a cinco pontos do Guarani, segundo colocado - já não é mais possível alcançar o Red Bull Bragantino, com 17 pontos, com duas rodadas restando. Só quem estiver nas duas primeiras posições avança, se o regulamento for mantido.

Futebol