PUBLICIDADE
Topo

Fifa não prorroga prazo e Sport precisa quitar dívida de André até abril

27/03/2020 18h14

Apesar das expectativas do Sport em conseguir mais tempo para saldar a dívida existente junto ao Sporting-POR pela chegada do atacante André no ano de 2017, parece que o clube terá efetivamente de resolver a situação até o próximo dia 17 de abril.

O próprio presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, chegou a declarar no início da semana ao 'Diario de Pernambuco' que tanto a FIFA como a CBF haviam prorrogado os prazos para obrigações desse tipo.

Todavia, no pedido formal feito pelo Leão ao órgão máximo do futebol mundial, não houve qualquer resposta de acordo com o 'Globo Esporte'.

Com isso, a dívida orçada em R$ 5,5 milhões junto ao clube português segue precisando ser quitada até 18 de abril mediante ao risco de, com o descumprimento, sofrer sanções como o impedimento de fazer contratações, perda de pontos ou mesmo o rebaixamento.

Apesar da impossibilidade de prorrogação, o presidente Milton Bivar avalia que conseguirá cumprir o atual prazo da dívida em palavras também publicadas pelo 'Globo Esporte' nessa sexta-feira (27):

- A gente está com um link, com uma situação, resolvendo isso e acredito que vamos solucionar antes do prazo.

Futebol