PUBLICIDADE
Topo

Além de agradecer a Chape, Diego Torres diz que quer ficar no Brasil

28/02/2020 18h18

Sem clube desde que rescindiu seu vínculo com a Chapecoense na última sexta-feira (21), a ideia do meio-campista argentino Diego Torres, se sentindo plenamente adaptado ao Brasil, é de seguir atuando no país.

O atleta de 29 anos de idade antecipou, aliás, que existem possibilidades de mercado que atendem as suas expectativas as quais, nesse momento, estão sendo avaliadas tanto por ele como por seu empresário:

- Estou no Brasil há mais de um ano, então já me sinto totalmente adaptado. Eu e meu empresário temos avaliado algumas situações e creio que em breve teremos novidades. O meu desejo é de seguir atuando no futebol brasileiro e marcar o meu nome por aqui.

- Atuar no Brasil foi algo que agregou muito na minha carreira. Sempre acompanhei os jogos dos times brasileiros e, na minha opinião, é o melhor futebol jogado na América do Sul. Busquei aproveitar ao máximo esta oportunidade e me sinto mais evoluído como atleta. Ao meu ver, foi um período muito positivo - agregou Diego.

Vindo para a Chape do modesto Estudiantes de Caseros, Diego Torres encerrou sua passagem pelo clube catarinense fazendo 45 jogos marcando quatro gols e dando quatro assistências.

Futebol