PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Central supera o 'mistão' do Náutico e quem comemora é o Santa Cruz

21/02/2020 21h15

De uma vez só, o Central conseguiu estabelecer diversas marcas jogando contra o Náutico nos Aflitos pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano nessa sexta-feira (21).

Isso porque, com a vitória por 1 a 0 na estreia de Silvio Criciúma treinando a Patativa, além de auxiliar na ascensão do time do interior no estadual para quinta posição com oito pontos, a equipe "segurou" o Timbu nos 11 pontos em segundo lugar e, consequentemente, ajudou ao Santa Cruz a ficar com confortável vantagem na liderança com 16 unidades.

GOL DE CENTROAVANTE

Em partida que tinha começado um tanto quanto sem inspiração nos dois ataques, logo depois da primeira chegada mais aguda do Central onde o camisa 9, Bambam, bateu travado pela zaga em bola que foi pela linha de fundo, aos 14 minutos o marcador foi inaugurado nos Aflitos. Na bola carregada pelo lado esquerdo da grande área do Náutico, Bruninho tentou duas vezes fazer o cruzamento rasteiro para, na segunda, ver o centroavante mandar de coxa pro fundo da meta de Marcão.

JÁ VOLTOU TRABALHANDO

Mal a etapa complementar havia se iniciado e o time do interior pernambucano se mostrou disposto a aumentar sua dianteira usando o meia Danilinho do recurso do chute de fora da área. Com somente um minuto, o camisa 10 da Patativa bateu forte de média distância e viu o arqueiro Marcão espalmar pro lado. Grande oportunidade do Central.

Aos sete, a oportunidade foi ainda mais evidente quando, no cruzamento rasteiro que foi em direção a marca de pênalti, o atacante Leandro Costa chegou batendo em gol tendo a bola desviado na perna do zagueiro Rafael Ribeiro e indo pela linha de fundo.

OLHOU E TORCEU

Depois de muito tempo sem conseguir elaborar oportunidades claras de marcar, o Náutico, quando efetivamente chegou para ameaçar a meta defendida por Léo, ficou por centímetros de igualar o marcador. Depois de lance individual no lado direito onde Júlio fez o levantamento, Jefferson Nem dominou, arrumou pro pé direito e bateu mandando no travessão do time de Caruaru levantando a pequena torcida do Timbu presente nos Aflitos.

MELHOROU, MAS NÃO DEU

O volume de jogo na etapa complementar da equipe anfitriã foi notoriamente superior, chegando inclusive a assustar de novo a meta de Léo quando Jefferson Nem limpou a marcação e bateu com força para o goleiro da Patativa defender. A bola mesmo assim caminhava para a direção do gol, mas o meio-campistas Esdras foi mais rápido e cortou mandando pra longe. Entretanto, a pontaria do Náutico não estava afiada e o Central, nos minutos finais, deixou a partida em ritmo que lhe agradava e conseguiu manter o resultado de vitória até o fim.

Futebol