PUBLICIDADE
Topo

Nas mãos de Gatito: goleiro repete dose e garante vaga do Botafogo

Gatito Fernández aquece para o jogo entre Náutico e Botafogo, pela Copa do Brasil - Divulgação/Botafogo
Gatito Fernández aquece para o jogo entre Náutico e Botafogo, pela Copa do Brasil Imagem: Divulgação/Botafogo

20/02/2020 00h14

Classificação e Jogos

Um velho conhecido do torcedor do Botafogo apareceu para resolver a disputa de uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil: o frio Gatito Fernández embaixo das traves. Após o empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, em partida realizada no Aflitos, coube ao paraguaio repetir a cena de herói que já esteve acostumado em épocas passadas.

O camisa 1 defendeu duas cobranças do Timbu e foi um dos principais responsáveis para garantir a classificação do Botafogo. Ronaldo Alves e Paiva pararam nas mãos do goleiro, importante assim como em Assunção, pela segunda fase preliminar da Libertadores, em 2017, contra o Olimpia, e na final do Campeonato Carioca, em 2018, diante do Vasco.

Gatito Fernández, vale ressaltar, está acostumado a defender pênaltis: pelo Botafogo, o arqueiro pegou 12 das cobranças - contando disputas máximas - que enfrentou. O paraguaio, consequentemente, possui uma taxa de 46,1% de sucesso diante dos atletas rivais.

Não apenas nos chutes da marca da cal, mas Gatito Fernández também foi importante durante o tempo regulamentar. Logo aos dois minutos, defendeu uma cabeçada de Matheus Carvalho perto da pequena área. A defesa mais importante foi em um mano a mano com Erick, tirando o ângulo do atacante do Náutico já na reta final da partida.

O paraguaio, marcado por ser frio e não se mexer na linha do gol até o movimento do cobrador, possui um dos maiores aproveitamentos de defesa de pênaltis do futebol brasileiro. Após a partida contra o Náutico, o camisa 1 foi abraçado pelo elenco.

PÊNALTIS DEFENDIDOS POR GATITO FERNÁNDEZ NO BOTAFOGO:

1. ?Richard Ortiz (Olimpia) - Libertadores - Disputa de pênaltis
2. Jorge Mendonça (Olimpia) - Libertadores - Disputa de pênaltis
3. Julián Benitez (Olimpia) - Libertadores - Disputa de pênaltis
4. Diego Souza (Sport) - Copa do Brasil - Oitavas de final
5. Jô (Corinthians) - Campeonato Brasileiro
6. Cueva (São Paulo) - Campeonato Brasileiro
7. Marcelo Oliveira (Grêmio) - Campeonato Brasileiro
8. Thiago Carleto (Coritiba) - Campeonato Brasileiro
9. Werley (Vasco) - Campeonato Carioca - Final
10. Henrique (Vasco) - Campeonato Carioca - Final
11. Ronaldo Alves (Náutico) - Copa do Brasil - Segunda fase
12. Paiva (Náutico) - Copa do Brasil - Segunda fase

Botafogo