PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Carlos Eduardo fica no Al Hilal até o meio do ano, mas futuro é incerto

Carlos Eduardo em ação pelo Al-Hilal - Divulgação/Al-Hilal
Carlos Eduardo em ação pelo Al-Hilal Imagem: Divulgação/Al-Hilal

18/02/2020 15h15

Com contrato até junho deste ano, o meia Carlos Eduardo não sairá do Al Hilal neste momento. Um dos maiores jogadores do clube saudita, o brasileiro preferiu continuar no clube onde é ídolo e recusou propostas de clubes da Ásia e também do Brasil, inclusive do Grêmio.

"Estávamos conversando com alguns clubes da Ásia e dois em específico do Brasil até semana passada, mas tive uma conversa por telefone com o Carlos no final de semana e decidimos mantê-lo na Arábia Saudita. Descartamos até as investidas dos clubes dos Emirados Árabes que recebemos, como a do Al Ain. O Carlos está há muitos anos por lá (Arábia Saudita) e está adaptado ao país e à cultura. Ele quer ficar na Arábia Saudita. Não é o momento de novas investidas, a nosso ver", disse Marcelo Pinheiro, empresário do jogador.

O futuro do atleta, no entanto, segue em aberto. Sem renovar com os sauditas, Carlos Eduardo ficará livre no mercado em alguns meses. Inclusive, o brasileiro já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube.

"Estou programando uma viagem para a Arábia Saudita nos próximos dias para ver o Carlos e conversarmos melhor pessoalmente. Vamos sentar e colocar as propostas na mesa para definirmos juntos. Eu, ele e a família dele. Não é uma decisão só minha, tem muitas pessoas envolvidas, estamos analisando tudo com muita calma", completou o agente.

Futebol