PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras: Mayke diz não se abalar com busca por lateral e comemora chance

Mayke em treino do Palmeiras na Academia de Futebol - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Mayke em treino do Palmeiras na Academia de Futebol Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

14/02/2020 12h31

Classificação e Jogos

Neste domingo, contra o Mirassol, Mayke deve ter sua primeira oportunidade como titular do Palmeiras com Vanderlei Luxemburgo, já que Marcos Rocha trata de pancada no tornozelo direito e nem tem treinado com o elenco. A chance aparece na semana em que dirigentes do clube viajaram à Colômbia para analisar Daniel Muñoz, lateral-direito do Atlético Nacional, mas Mayke assegura não estar abalado com a busca por um concorrente.

"Isso deixo para a diretoria. Estamos trabalhando aqui, eu e o Marcos Rocha. Vamos trabalhar para, quando precisarem de nós, entrarmos em campo e darmos o nosso melhor, podendo sempre ajudar o Palmeiras. Não sei o que vai acontecer. Preciso trabalhar bastante, firme, para manter a pegada e, quando precisarem, estar à disposição", disse o camisa 12, hoje.

Anderson Barros, diretor de futebol, e Leonardo Holanda, advogado do clube, estiveram na Colômbia até quinta-feira e retornaram para São Paulo apontando que a negociação com Muñoz, de 23 anos e capitão do seu time, é muito difícil por questões financeiras. Antes, o Verdão negociou com outro lateral-direito: Orejuela, que estava no Cruzeiro e foi emprestado ao Grêmio.

Independentemente das movimentações no mercado, Mayke terminou o treino de hoje animado com a chance de começar uma partida pela primeira vez na temporada. É praticamente certa a sua escalação no jogo das 16h de domingo, contra o Mirassol, que marcará a estreia do recém-implantado gramado sintético do Allianz Parque em compromissos oficiais.

"É aproveitar da melhor maneira possível. Farei como sempre fiz: entrar em campo e dar meu melhor para sempre ajudar o Palmeiras. Estou sempre à disposição. Treino bastante, e qualquer um que entrar está sempre preparado. Quando recebemos oportunidade, temos de dar o nosso melhor. Farei de tudo para fazer um excelente jogo para, quando o professor precisar, estar adequado para jogar", afirmou.

A oportunidade vem depois de um 2019 com sérias complicações físicas para Mayke, que sofreu com dores no púbis e precisou até passar por operação na coxa direita. O foco é retomar o nível mostrado em 2018, quando foi eleito pela CBF o melhor lateral-direito do Campeonato Brasileiro conquistado pelo clube.

"Jogador sempre quer jogar. O ano passado não foi muito bom, tive lesão, mas, agora, é dar a volta por cima, procurar dar o meu máximo em campo e fazer excelentes jogos, para ter mais frequência e jogar mais", projetou.

Palmeiras