PUBLICIDADE
Topo

Milan sonha com retorno de Allegri para a próxima temporada

Massimiliano Allegri gesticula no jogo entre Juventus e Sampdoria - Marco Bertorello/AFP
Massimiliano Allegri gesticula no jogo entre Juventus e Sampdoria Imagem: Marco Bertorello/AFP

12/02/2020 11h23

O Milan já está pensando na próxima temporada e, dessa forma, os dirigentes começam a pensar em nomes para comandar o time em 2020/2021. A única certeza é a de que Stefano Pioli não deve seguir no cargo e o favorito para assumir o posto é um velho conhecido da torcida rossonera: Massimiliano Allegri. A ideia está sendo apoiada por Boban e Maldini, ex-ídolos do clube que trabalham internamente na equipe.

A preferência por Allegri é pelo fato de, além da história vitoriosa com Milan e Juventus, ele conhecer muito bem o futebol italiano e a dinâmica de jogo local. O técnico já recusou algumas ofertas do exterior, pois tem o desejo de permanecer no país, mas aguarda uma proposta com um bom projeto. Apesar disso, o Paris Saint-Germain seria capaz de seduzir o italiano para fora de seu habitat natural e a buscar novos desafios.

Por outro lado, Ivan Gazidis, executivo da equipe de Milão, pensa em trazer o alemão Ralf Rangnick, atualmente treinador do RB Leipzig, onde vem realizando um excelente trabalho no Campeonato Alemão. No entanto, Boban e Maldini acreditam que esta contratação seria uma aposta com um resultado final incerto, problema que já vem causando dor de cabeça no Milan e nos seus torcedores há anos.

Correndo por fora está Marcelino, ex-treinador do Valencia e que está sem clube. O espanhol, porém, é a opção mais fraca nos bastidores italianos. Já a permanência de Pioli é improvável, pois poucos o veem com a capacidade de reviver as ambições do Milan. Internamente não creem que o atual comandante seja capaz de realizar uma façanha que o mantenha no cargo para a próxima temporada.

Esporte