PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Verdão segue com mudanças, desliga fisiologista e contrata fisioterapeuta

28/01/2020 20h35

O Núcleo de Saúde e Performance do Palmeiras segue em processo de mudanças. Nesta semana, o clube decidiu pelo desligamento do coordenador de fisiologia Thiago Santi, que estava no quadro de funcionários desde 2014. Já o fisioterapeuta Fred Manhaes, ex-Flamengo, começou os trabalhos na Academia de Futebol.

Santi chegou ao Verdão como preparador físico da comissão técnica fixa e em 2016 passou a trabalhar na fisiologia. Com a criação do Núcleo de Saúde e Performance, tornou-se o coordenador deste departamento, função que exerceu até o começo da semana.

O Palmeiras conta com um novo coordenador científico, Daniel Gonçalves, responsável por realizar a ligação entre a área de saúde e comissão técnica na Academia de Futebol. Após trabalhar no Vasco com Vanderlei Luxemburgo e o coordenador da preparação física Antonio Mello, foi contratado no fim de 2019 e está reordenando o NSP.

Daniel ocupou a primeira vaga aberta, de Omar Feitosa, desligado após o Campeonato Brasileiro. Na primeira semana de pré-temporada, Jomar Ottoni, coordenador da fisioterapia, pediu demissão para trabalhar exclusivamente com Ricardo Goulart na China.

Fred Manhaes foi contratado na vaga e já está atuando no CT, mas a princípio não deve exercer o cargo de coordenador. Ele trabalhará junto dos também fisioterapeutas Marcelo Gondo, Rodrigo Alencar e Leonardo Alcântara. Por enquanto, o único fisiologista no clube é Vinicius Ponzio.

Futebol