PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arboleda encara o Palmeiras para se redimir de 'estupidez' nas férias

26/01/2020 08h05

Jogue bem ou jogue mal, Arboleda será um dos principais personagens do clássico entre Palmeiras e São Paulo, às 16h deste domingo, na Arena da Fonte Luminosa, pela segunda rodada do Paulistão. O equatoriano está em busca de redenção após chatear a torcida são-paulina por vestir a camisa do rival alviverde durante suas férias.

Durante a vitória por 2 a 0 sobre o Água Santa, na última quarta-feira, os torcedores organizados o hostilizaram: "ô, Arboleda, vá se f... O meu São Paulo não precisa de você". A torcida "comum" no Morumbi reagiu com vaias e gritando o nome do jogador, que foi filmado levando as mãos às orelhas e dizendo algo que muitos são-paulinos na internet compreenderam como "é justo, mano".

A polêmica se fez no dia 18 de dezembro de 2019, quando o jogador Billy Arce, do Barcelona de Guayaquil, publicou em seu Instagram uma foto de Arboleda vestido com uma camisa oficial do Palmeiras. A única manifestação do defensor sobre o assunto até agora foi no dia seguinte, na mesma rede social, em um texto em que ele diz ter perdido uma aposta e se desculpa pela "estupidez".

Após uma reunião com a diretoria durante a pré-temporada, em Cotia, Arboleda recebeu uma multa em seu salário. Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, deu uma entrevista para defendê-lo: disse que o atleta foi "ingênuo e burro, mas não mau-caráter".

- Posso garantir que foi totalmente ingenuidade e muito de burrice. Ele não faz a mínima ideia se essa camisa verde é do México, da Bolívia, da Chapecoense, do Guarani, de Camarões ou do Palmeiras. Isso eu posso garantir.

Neste domingo, não haverá são-paulinos no estádio em Araraquara nem para vaiá-lo nem para exaltá-lo. Apenas palmeirenses poderão entrar, mas não se sabe se terão alguma reação com o equatoriano.

Futebol