PUBLICIDADE
Topo

Luxa defende Veiga por jogar fora de posição e o considera imprescindível

Jales Valquer/FramePhoto/Folhapress
Imagem: Jales Valquer/FramePhoto/Folhapress

23/01/2020 09h00

Raphael Veiga foi bastante elogiado por Vanderlei Luxemburgo após a estreia do Palmeiras no Campeonato Paulista.

Substituído por Veron no intervalo da goleada sobre o Ituano, o meia foi tratado como "imprescindível" pelo treinador, que diz estar o sacrificando ao usá-lo fora de posição.

- A posição do Raphael é onde está jogando o Lucas Lima. Não vou descartar o Raphael, porque ele é um bom jogador e eu estou o sacrificando, tentando achar um jeito de colocar ele com o Lucas jogando, mas está tendo dificuldade de jogar do lado do campo e vir para dentro negociar uma bola. Com tempo, com calma, talvez com outro jogador ele venha a disputar posição com o Lucas Lima por dentro - analisou.

- Ele vai ser imprescindível porque tem muita qualidade técnica. Eu respeito as críticas, fazem parte do trabalho, mas não é por isso que vou tirá-lo e acabou - completou.

Nos três jogos desta temporada, Luxa escalou Veiga aberto pelo lado esquerdo, com Lucas Lima centralizado e Dudu pela direita. Com esta formação, as jogadas ofensivas ficaram mais concentradas no camisa 7. Contra o Ituano, Veron entrou para dar uma opção veloz na outra ponta do campo.

O Palmeiras ainda está no mercado para reforçar a posição que hoje é de Raphael Veiga. O diretor Anderson Barros teve uma reunião na quarta por Rony, do Athletico, e há a expectativa de que ele seja o primeiro reforço alviverde em 2020.

Além disso, Gustavo Scarpa ficou após a negociação com o Almería (ESP) naufragar e pode atuar aberto, assim como o atacante Wesley. Na meia, a opção além de Lucas Lima é Alan, promovido das categorias de base. Veiga, que teve a permanência pedida por Luxemburgo, pode disputar com a dupla.

Palmeiras