PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Em torneio repleto de polêmica, Colo-Colo fica com o título da Copa Chile

23/01/2020 09h25

O maior campeão da história da Copa Chile se sagrou vencedor da conturbada edição 2019. Depois da pausa forçada pelos protestos no país e até mesmo uma briga de interpretação de regulamentos que gerou o W.O. da Unión Española em uma das semifinais, Universidad de Chile e Colo-Colo fizeram na última quarta-feira (23) a final do torneio onde o Cacique saiu vencedor.

Em jogo onde La U começou melhor e chegou a desperdiçar uma penalidade onde Montillo foi derrubado na área, mas Ángelo Henríquez bateu fraco e viu Brayan Cortés encaixar no canto direito baixo, quem inaugurou a contagem na cidade de Temuco foram os colo-colinos.

Em bonito passe dado pelo ex-Botafogo Leo Valencia aos 28 minutos, Marcos Bolados se infiltrou na zaga adversária e tocou na saída de Fernando de Paul com uma leve cavadinha que balançou as redes do Azul Azul.

Três minutos depois, a dianteira se tornou mais consistente quando, depois de cobrança de falta vinda do lado direito, o centroavante Javier Parraguez se livrou da marcação e testou se antecipando a zaga da Universidad de Chile fazendo o segundo do Colo-Colo.

O jogo seguiu com La U buscando incessantemente diminuir seu prejuízo e o time Blanco se armando para aproveitar os espaços do oponente. Matías Rodríguez até conseguiu furar o bloqueio colo-colino e reduzir a diferença para 2 a 1, porém já aos 50 minutos de jogo, não havendo tempo para reação que evitasse o 11° título do arquirrival na Copa Chile.

Futebol